São Paulo Adolescente é morto por policial em favela na zona sul de São Paulo

Adolescente é morto por policial em favela na zona sul de São Paulo

Moradores dizem que agente confundiu marmita com arma. Já a polícia afirma que houve reação a operação contra o tráfico

  • São Paulo | Do R7*, com informações da Agência Record

Jovem morreu baleado por autoridades na comunidade do Piolho

Jovem morreu baleado por autoridades na comunidade do Piolho

Divulgação/Cidade Alerta - 20.10.2021

Um jovem morreu baleado por policiais civis na comunidade do Piolho, na zona sul de São Paulo, nesta quarta-feira (20).

Segundo moradores da comunidade, o entregador de comida por aplicativo Gabriel Augusto, de 19 anos, foi atingido por uma bala na cabeça após ter sua marmita confundida com uma arma. Dois policiais à paisana entraram na comunidade se passando por funcionários de uma empresa de internet, dizendo que fariam reparos na rede.

De acordo com testemunha, o adolescente avistou um dos agentes e correu. O policial atirou, e o adolescente caiu em frente a uma construção.

A SSP (Secretaria da Segurança Pública) contesta essa versão e diz que houve uma operação de combate ao tráfico de drogas, e que criminosos reagiram à ação dos agentes.

Vídeos obtidos pela Record TV mostram um policial preservando o corpo e armado. Os moradores o confrontam e dizem: "Deu tiro num moleque desarmado". 

Ele rebate, dizendo: "No momento, o apoio tá chegando". E completa: "Chegando o apoio, você conversa com a gente". Em seguida, o agente pede que eles respeitem a polícia.

Um segundo vídeo mostra o mesmo policial, acompanhado de um parceiro. No canto inferior esquerdo é possível ver no chão uma embalagem de isopor, semelhante às usadas em marmitas.

Uma moradora informou que Gabriel estava respirando após os disparos, mas que houve demora no pedido do resgate. Quando as equipes de socorro chegaram, o óbito foi constatado.

A SSP (Secretaria de Segurança Pública) não se manifestou sobre o ocorrido até a veiculação da reportagem no Cidade Alerta, na tarde desta quarta. 

Últimas