São Paulo Advogado é morto a tiros após briga de trânsito na zona norte

Advogado é morto a tiros após briga de trânsito na zona norte

Daniel Mourad Mazjoub, de 47 anos, foi atingido com disparo de arma de fogo nas costas. Motorista de um Audi A4 prata fugiu 

  • São Paulo | Do R7

Advogado é atingido por disparos pelas costas na zona norte de SP

Advogado é atingido por disparos pelas costas na zona norte de SP

Divulgação Polícia Civil

O advogado Daniel Mourad Mazjoub, de 47 anos, foi morto a tiros após uma briga de trânsito em São Paulo na rua Nova Cantareira, altura do número 339, bairro da Água Fria, zona norte de São Paulo, às 20h11 do sábado (7).

Mazjoub dirigia um Jeep Compass branco quando se envolveu em uma discussão com o motorista de um Audi A4 prata. Os veículos se emparelharam pela avenida e o advogado desceu do carro para tirar satisfação.

Ao virar para retornar ao carro em que estava, Daniel Mazjoub foi atingido com um disparo de arma de fogo nas costas. Assim que foi efetuado o disparo, a pessoa que estava no Audi fugiu.

O advogado tenta entrar no carro, mas perde as forças e cai ao chão. A própria esposa do advogado acionou a Polícia Militar e levou, no carro da família, o advogado ao pronto socorro do Hospital São Camilo. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu.

Em nota, o Consulado Geral do Líbano no Rio de Janeiro afirmou que "está inteiramente chocada com esse brutal e covarde assassinato, e espera que o assassino seja preso o mais rápido possível".

Daniel Mourad Mazjoub foi sepultado no Cemitério Islâmico de Guarulhos, localizado na Avenida Doutor Timóteo Penteado, no domingo (8). O caso foi registrado no 20° DP da Água Fria.

Por meio de nota, a Associação Brasileira de Relações Institucionais e Governamentais afirmou que se solidariza com a família e amigos de Daniel Mourad Majzoub, "em razão de seu falecimento precoce. Manifestamos nossos sinceros e profundos sentimentos por essa perda, e nossa eterna gratidão pela dedicação de Daniel à ABRIG."

Também por meio de nota, o Consulado Geral do Líbano no Rio de Janeiro comentou a morte do advogado. "Um dos mais renomados advogados do Brasil, aos 47 anos de idade, na cidade de São Paulo, vítima de um covarde assassinato por uma discussão de trânsito."

Com um extenso currículo, o Dr. Daniel Mazjoub, neto de libaneses, era graduado em Direito Empresarial e Tributário pela Universidade de São Paulo, tinha especialização em Contabilidade Tributária pela Escola Superior de Advocacia, mestrado em Direito das Relações Econômicas Internacionais pela PUC-SP e com experiência profissional na área de Direito Internacional, com ênfase em Direito Empresarial e Criminal.

"O Consulado Geral do Líbano no Rio de Janeiro, do qual o Dr Majzoub era amigo, apresenta os mais sinceros pêsames e condolência à sua esposa e filhos, bem como à família Majzoub, Mourad e a todos os familiares e amigos do jovem Dr Daniel no Brasil e no Líbano, e pede que a justiça seja feita. A comunidade libanesa no Brasil está inteiramente chocada com esse brutal e covarde assassinato, e espera que o assassino seja preso o mais rápido possível."

Últimas