São Paulo Aeroporto de Congonhas (SP) testa sistema de reconhecimento facial

Aeroporto de Congonhas (SP) testa sistema de reconhecimento facial

Projeto pretende agilizar e tornar mais higiênicos os procedimentos antes da entrada no avião, dispensando o cartão de embarque

Projeto será avaliado com a participação de passageiros convidados

Projeto será avaliado com a participação de passageiros convidados

Vinícius Nunes/ASI/Estadão Conteúdo – 06.01.2021

O aeroporto de Congonhas, em São Paulo, testará um sistema de reconhecimento facial na ponte aérea nesta terça-feira (15). O projeto Embarque + Seguro pretende agilizar e tornar mais higiênicos os procedimentos antes do ingresso nas aeronaves, dispensando a apresentação do cartão de embarque e de documentos de identificação do passageiro. A ação, idealizada pelo Minfra (Ministério da Infraestrutura), foi desenvolvida pelo Serpro (Serviço Federal de Processamento de Dados). 

O método será avaliado em três estapas com a participação de passageiros convidados da Azul Linhas Aéreas. No check-in, os passageiros terão fotos e dados validadoscom base em sistemas do governo. Na entrada para a sala de embarque, será feito o reconhecimento facial. O último ponto de controle biométrico será feito no portão de embarque.

Últimas