Agente penitenciário é morto a 400 metros de CDP na Grande São Paulo

Edson Luiz da Silva estava a caminho do trabalho quando foi abordado por dois homens em uma motocicleta. Suspeitos estão foragidos

Edson Luiz da Silva trabalhava no CDP  de São Bernardo do Campo

Edson Luiz da Silva trabalhava no CDP de São Bernardo do Campo

Reprodução

Um agente penitenciário foi morto a tiros em uma tentativa de assalto, por volta das 5h30 desta sexta-feira (25), na Vila Alves Dias, em São Bernardo do Campo (Grande São Paulo).

Edson Luiz da Silva trabalhava no CDP (Centro de Detenção Provisória) de São Bernardo do Campo e estava a caminho do trabalho quando foi abordado por dois homens em uma motocicleta.

Imagens de uma câmera de segurança gravaram o momento do crime. Nas imagens é possível observar quando os suspeitos descem da moto e abordam Edson, que também estava em uma motocicleta. O agente cai no chão e a dupla começa a revistá-lo. Antes de fugir, os homens disparam pelo menos duas vezes.

O resgate do SAMU foi acionado, mas Edson não resistiu aos ferimentos e morreu ainda no local. Os suspeitos estão foragidos.
O caso foi encaminhado ao 3º DP de São Bernardo do Campo.

Assista ao vídeo: