Novo Coronavírus

São Paulo Alesp impõe vacinação para acesso em transporte, escolas e concursos

Alesp impõe vacinação para acesso em transporte, escolas e concursos

Projeto aprovado em plenário nesta terça-feira (20) será encaminhado para a sanção do governador João Doria

  • São Paulo | Cesar Sacheto, do R7

Deputados estaduais aprovam programa emergencial de vacinação contra a covid-19

Deputados estaduais aprovam programa emergencial de vacinação contra a covid-19

Carol Jacob/Alesp

A Alesp (Assembleia Legislativa de São Paulo) aprovou nesta terça-feira (20), após sessão virtual, o PL (Projeto de Lei 738/2020), que institui medidas restritivas para o combate à pandemia, entre as quais, o Programa Emergencial Paulista de Vacinação Contra a Covid-19. O plano deverá ser regulamentado pelo governador João Doria (PSDB).

De autoria do deputado Campos Machado (Avante), o programa torna obrigatória a imunização — com a devida comprovação — para que o acesso a instituições de ensino públicas ou particulares; embarque em aviões, embarcações ou demais meios de transportes; ou mesmo para a obtenção de documentos, inscrição em concursos ou ingresso em cargos públicos.

O projeto enfatiza também que deve ser observada a quantidade de imunizantes colocados à disposição do governo estadual, desde que autorizadas pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e comprovadas as suas eficácias.

Ainda segundo o texto, o Poder Executivo deverá definir o prazo final para a integral implementação da imunização da população paulista contra o novo coronavírus.

O PL 738/2020 foi votado junto com outros seis projetos que tramitavam em regime de urgência desde a semana passada. Todos também seguem para a análise do governador, que pode sancioná-los ou vetá-los — de forma integral ou parcial.

Últimas