Novo Coronavírus

São Paulo Altas médicas superam internações em SP pela 1ª vez em 50 dias

Altas médicas superam internações em SP pela 1ª vez em 50 dias

Coordenador do Centro de Contingência usou as redes sociais para publicar informação e alertar para cuidados nos próximos dias

  • São Paulo | Do R7

SP registra mais altas do que internações em UTI

SP registra mais altas do que internações em UTI

Divulgação HUB/Agência Brasil

O Estado de São Paulo voltou nesta terça-feira (6), após 50 dias, a ter o número de novas internações em UTIs (unidades de tarapia intensiva) menor do que a quantidade de altas. A informação foi publicada pelo coordenador-executivo do Cento de Contigência de Combate ao Coronavírus do Governo de São Paulo, João Gabbardo, nas redes sociais.

"Começa a reduzir a pressão sobre o sistema de saúde. Mas, todo cuidado nos próximos dias é extremamente importante", escreveu Gabbardo.

De acordo com o Governo de São Paulo, na última segunda-feira (5), 29.510 pessoas com covid-19 estavam internadas no Estado, sendo 12.963 em leitos de UTI e outras 16.547 em enfermaria, quando as taxas de ocupação dos leitos de unidades de terapia intensiva estavam em 90,7% no Estado e de 90,6% na Grande São Paulo.

Conforme as atualizações desta terça-feira, desde o início da pandemia, São Paulo já registrou 78.554 mortes e 2.554.841 casos. Nas últimas 24 horas, ainda conforme os dados do governo paulista, houve confirmação de 22.794 casos e 1.389 óbitos por covid-19.

Últimas