São Paulo Alunas criam projeto para ajudar cegos em transportes públicos

Alunas criam projeto para ajudar cegos em transportes públicos

Aparelho guiado por GPS ajuda passageiros com a deficiência visual avisando quando seu ônibus está próximo do ponto de parada

  • São Paulo | Do R7

Motorista será avisado de sobre passageiro cego a espera

Motorista será avisado de sobre passageiro cego a espera

Correio do Povo - Cidades

Motivados pelo ingresso de um colega com deficiência visual na Etec (Escola Técnica Estadual) Dona Escolástica Rosa, estudantes do curso técnico de Logística desenvolveram um projeto para facilitar o acesso de pessoas cegas ao transporte público de Santos, no litoral de São Paulo.

Trata-se de um sistema sonoro para auxiliar e dar autonomia aos passageiros cegos. Para a realização do TCC (Trabalho de Conclusão de Curso), as estudantes Carla da Silva Ribeiro, Juliana Entenza Santos e Rúbia do Amaral Ferreira Conceição pesquisaram as dificuldades de deficientes visuais e fizeram um paralelo com os sistemas sonoros já existentes em trens e metrô de algumas cidades.

A proposta do projeto é que os passageiros cegos recebam um aparelho transmissor e cadastrem a linha de ônibus desejada. Assim, no momento em que o veículo se aproximar do ponto, será emitido um sinal para o motorista, alertando que um deficiente visual deseja subir no próximo ponto. O condutor acionará um alto-falante com o nome da linha para alertar o passageiro.

O dispositivo funcionará por GPS, com transmissão de informações em tempo real, como o nome da rua e o ponto de referência, com o suporte de empresas especializadas no serviço.

A partir do TCC, a vereadora Audrey Kleys mobilizou-se para criar o Projeto de Lei 251/2019, que aguarda para entrar na pauta da Diretoria Legislativa para discussão no plenário da Câmara dos Vereadores de Santos.

Últimas