São Paulo Após 4 meses, viaduto que cedeu na Marginal Pinheiros é reaberto

Após 4 meses, viaduto que cedeu na Marginal Pinheiros é reaberto

Testes dinâmicos e estáticos foram realizados na manhã deste sábado (16). Caminhões circularam no trecho reconstruído para testar resistência

Após testes, viaduto que cedeu na Marginal Pinheiros é reaberto

Após testes, viaduto que cedeu na Marginal Pinheiros é reaberto

Ronaldo Silva / Estadão Conteúdo / 02.12.2018

Após a realização de testes no viaduto que cedeu da marginal Pinheiros, na zona oeste de São Paulo, a Prefeitura decidiu liberar neste sábado (16) a estrutura que apresentou problemas no dia 15 de novembro de 2018. 

Leia mais: Prefeitura de SP quer dar novo uso às áreas debaixo de viadutos

"Os resultados dos testes estão de acordo com os modelos matemáticos, o que nos permite anunciar que não vamos mais liberar o viaduto para carros, vamos liberar no dia de hoje e não apenas para carros mas também para caminhão", afirmou Bruno Covas, durante coletiva de imprensa. 

O prefeito afirmou que a liberação ocorreu dois meses antes do previsto. Inicialmente, a ideia liberar o acesso ao local em 15 de maio. "Parte das obras que não são emergenciais vão continuar. São obras de requalificação do viaduto que podem ser feitas com ele sendo utilizado", disse.

Leia mais: 'Não havia nenhuma indicação', diz prefeito após viaduto ceder em SP

O custo total estimado da obra, segundo o prefeito é de R$ 26,5 milhões. "Menos de 40% do que seria os R$ 70 milhões caso fosse necessário demolir o viaduto." O prefeito disse ainda que a administração municipal contratou 16 laudos para dar início ao processo de licitação de 33 pontes e viadutos para iniciar o processos de licitação.

Testes

A prefeitura de São Paulo realizou desde às 7h da manhã deste sábado (16) um teste de carga sobre o viaduto que cedeu na Marginal Pinheiros, na zona oeste de São Paulo. A estrutura apresentou problemas no dia 15 de novembro do ano passado e, desde então, permanecesse interditada para o trânsito de veículos.

Leia mais: Parte do viaduto do Jaguaré cede e fecha pista da marginal Pinheiros

De acordo com a administração municipal, serão realizados dois testes, um dinâmico e outro estático. O primeiro ocorre com a passagem de veículos sobre a estrutura. No segundo, caminhões permanecem parados no viaduto para testar o limite de peso que a estrutura consegue suportar.

A Prefeitura informou que serão utilizados para a realização dos testes 47 caminhões com 28 toneladas cada um e outro caminhão com 60 toneladas, que circulará na parte da estrutura que cedeu. Será um teste único e deverá ocorrer até às 13h.

A previsão é de que o viaduto seja reaberto na segunda-feira (18). Segundo a Prefeitura, a estrutura será aberta inicialmente para carros. A mudança ocorrerá após uma interdição de cerca de quatro meses após a estrutura ceder.

Viaduto

Parte da estrutura do viaduto do Jaguaré, que faz parte do complexo da Ponte do Jaguaré, na marginal Pinheiros, na zona oeste de São Paulo, cedeu, na madrugada da quinta-feira (15), por volta das 3h. Ninguém ficou ferido.

No momento do desabamento, alguns carros passavam embaixo do viaduto, mas nenhum veículo foi atingido. Segundo a CPTM, a estrutura caiu em cima de um canteiro de obras da linha 9-Esmeralda. Nenhum operário ficou ferido.