Tragédia no baile da 17
São Paulo Após 9 mortes, Doria diz que programa de segurança não mudará

Após 9 mortes, Doria diz que programa de segurança não mudará

Governador de São Paulo ressaltou, no entanto, que "procedimentos de ação, operacionais, podem ser revistos, para serem aperfeiçoados, melhorados"

Governador diz que programa de segurança pública não mudará

Governador diz que programa de segurança pública não mudará

Governador diz que programa de segurança pública não mudará

Divulgação Governo do Estado de São Paulo / 02.12.2019

Após nove mortes em uma ação da Polícia Militar na comunidade de Paraisópolis, o governador de São Paulo, João Doria, comunicou que não pretende reduzir as operações policiais nem modificar os moldes em que funcionam atualmente.

"Os procedimentos, a atitude e o comportamento da Polícia Militar, ou seja, o programa de segurança pública do governo do estado de São Paulo não vai mudar", afirmou.

Leia mais: Depoimentos de PMs contrariam vídeos de moradores de Paraisópolis

"Procedimentos de ação, operacionais, podem ser revistos. Aliás, devem ser revistos, evidentemente, para serem aperfeiçoados, melhorados, evitando que tanto os cidadãos como criminosos e os próprios policiais possam ter a circunstância adequada, protegermos quem devemos proteger, preservar quem devemos preservar e prender quem merece ser preso", acrescentou o governador.