São Paulo Após festa da firma, estagiária de direito ficou perturbada e tomou calmantes

Após festa da firma, estagiária de direito ficou perturbada e tomou calmantes

Polícia investiga se jovem de 21 anos que se matou foi estuprada na confraternização

Após festa da firma, estagiária de direito ficou perturbada e tomou tranquilizantes

Universitária ficou transtornada depois da festa de fim de ano do escritório

Universitária ficou transtornada depois da festa de fim de ano do escritório

Reprodução/Cidade Alerta

Boletim de ocorrência registrado no dia da morte de Viviane Alves Guimarães, em 3 de dezembro, revela como foram os últimos dias da jovem que caiu do sétimo andar do apartamento onde morava, no bairro do Morumbi, em São Paulo. O programa Cidade Alerta teve acesso exclusivo ao documento que mostra uma mudança brusca no humor da universitária após a festa de fim de ano do escritório de direito onde ela estagiava.

No boletim policial, a mãe da vítima relatou que a filha estava completamente perturbada na semana posterior à confraternização. Viviane contou à mãe que foi dopada, durante o evento, e foi abusada sexualmente.

Segundo depoimento da mãe, Viviane dizia não se lembrar de mais nada da festa depois de ter tomado duas taças de champanhe. Entretanto, a vítima teria tido vários flashes do que aconteceu no evento nos dias que sucederam a festa da firma.

Polícia interroga colegas de trabalho de estagiária que se matou

Leia mais notícias de São Paulo

"Eu sinto que estou morrendo" e "Tem coisa muito ruim dentro de mim" foram declarações de Viviane à mãe. Ela decidiu levar a filha a um hospital, onde a jovem foi medicada com tranquilizantes.

Apesar do início do tratamento, Viviane acabou pulando do edifício onde morava. A princípio tratado como um suicídio, o caso não estava sendo investigado. A polícia entrou em ação, porém, quando a mãe levou à delegacia uma carta que a jovem escreveu denunciando o estupro.

De acordo com familiares e amigos, Viviane era uma jovem feliz. A estudante também se sentia realizada com o estágio em um dos maiores escritórios de direito de São Paulo.

Assista ao vídeo do Jornal da Record: