São Paulo Após reunião com Doria, motoristas suspendem greve de terça em SP

Após reunião com Doria, motoristas suspendem greve de terça em SP

Categoria e estado anunciaram, nesta segunda-feira (19), comissão para definir início da vacinação da categoria contra a covid-19

  • São Paulo | Do R7

Motoristas e cobradores de SP e outros sindicatos firmam documento por suspensão de greve

Motoristas e cobradores de SP e outros sindicatos firmam documento por suspensão de greve

Danilo Verpa / Folhapress - 24.03.2021

Motoristas e cobradores ligados ao Sindmotoristas (Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores em Transporte Rodoviário Urbano de São Paulo) decidiram suspender a greve de 24 horas marcada para esta terça-feira (20), após cerca de 3h de reunião com o governador João Doria (PSDB), realizada na noite desta segunda-feira (19). A categoria reivindica a inclusão nos grupos prioritários de vacinação contra a covid-19.

Depois do encontro, foi assinado um documento no qual os sindicalistas e os representantes do governo anunciaram a criação de um grupo de trabalho, composto por integrantes de ambas as partes, para atuar em prol da vacinação da categoria. 

Ainda segundo o texto, o governo do estado terá até a próxima quinta-feira (22) para definir o início do calendário de imunização dos trabalhadores do setor.

"Essa luta é antiga. Foram diversas tentativas, reuniões, protocolos, reportagens em tv, abaixo-assinado, tentando mostrar aos governantes a importância dos trabalhadores em transporte. Agora, finalmente, conseguimos. A vacina trará, sobretudo, esperança a todos", declarou o presidente do Sindmotoristas, Valdevan Noventa.

Participaram do encontro integrantes do Sindmotoristas, FTTRESP (Federação dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado de São Paulo), Simtetaxi (Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores nas Empresas de Táxi no Estado de São Paulo), CNTTL (Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transportes e Logística) e outros líderes sindicais.

Vacinação de operadores e condutores de trens

Também na segunda-feira (19), o governo do estado anunciou que vai vacinar cerca de 2.800 operadores e condutores de trens, de todas as idades, do Metrô e da CPTM. O grupo se tornou prioritário para a Secretaria de Transportes Metropolitanos pela dificuldade de serem repostos. As datas de vacinação da categoria ainda não foram divulgadas. Por conta do anúncio, os metroviários, que também ameaçaram entrar em greve nesta terça, decidiram suspender a paralisação.

Além da greve de 24 horas, motoristas e cobradores marcaram uma carreata para esta terça, com concentração às 8h em frente ao Masp, seguindo em protesto até à prefeitura, no centro da capital.

Últimas