São Paulo Após suspeita de fraude, prêmio de Nota Fiscal Paulista é suspenso

Após suspeita de fraude, prêmio de Nota Fiscal Paulista é suspenso

Mulher de Indaiatuba, no interior de SP, sorteada em premiação de R$ 500 mil pediu CPF em várias notas seguidas do mesmo posto de combustíveis

Prêmio de R$ 500 da NFP mil foi suspenso

Prêmio de R$ 500 da NFP mil foi suspenso

Reprodução/RecordTV

Um prêmio de R$ 500 mil da Nota Fiscal Paulista que saiu para uma mulher moradora de Indaiatuba, a cerca de 105 km de São Paulo, foi bloqueada por suspeita de fraude.

Todas as compras registradas no CPF da mulher premiada foram feitas em sequência em uma mesma rede de postos de combustíveis. Para participar dos sorteios da Nota Fiscal Paulista é preciso indicar o CPF em compras pessoais.

A Secretaria da Fazenda de São Paulo instaurou uma auditoria para investigar o motivo de ela ter indicado o CPF em tantas notas do mesmo estabelecimento. Se ela comprovar que os gastos foram pessoais, o prêmio será desbloqueado.

No mesmo sorteio, um morador da capital ganhou R$ 1 milhão. No total, 600 pessoas foram sorteadas com prêmios a partir de R$ 1.000, além da distribuição de cinco de R$ 100 mil para entidades assistenciais.

Você tem alguma denúncia? Envie um e-mail para denuncia@r7.com

Leia mais notícias de São Paulo