São Paulo Arma de brinquedo em gravação de clipe gera tumulto na Grande SP

Arma de brinquedo em gravação de clipe gera tumulto na Grande SP

Após confusão de moradores, quatorze homens que participavam do clipe foram levados à delegacia. Nenhum delito foi constatado

  • São Paulo | Do R7

Moradores chamaram a guarda municipal por conta de fuzil de plástico

Moradores chamaram a guarda municipal por conta de fuzil de plástico

Reprodução/Record TV

Quatorze homens foram conduzidos a uma delegacia em Caieiras, na região metropolitana de São Paulo, por utilizarem um fuzil de airsoft, arma de plástico para jogos e recreação, durante a gravação de um clipe musical na tarde deste domingo (14). As informações são da Record TV.

Moradores da região se assustaram com as imagens, confundiram os objetos de plástico com armas de fogo reais e acionaram a guarda civil municipal.

Segundo a Romu (Ronda Ostensiva Municipal), o responsável pelo evento, quatro DJs cantores, quatro condutores de moto, um câmera man e outras quatro pessoas estavam na avenida Rodolfo Polidoro, na Vila Rosina, em Caieiras, gravando um clipe musical.

Em imagens gravadas por um morador, é possível ver quando um deles ergue o fuzil de airsoft, enquanto uma música toca. Em outra imagem, todos aparecem sendo revistados pelas equipes da guarda municipal.

De acordo com a Romu, o fuzil não é verdadeiro, mas uma airsoft, arma de pressão que dispara ‘bolinhas’ de plástico de 6 mm de diâmetro. No Brasil, o airsoft é regulamentado pelo Exército Brasileiro, e possui uma série de regras de uso.

Todos os envolvidos na gravação do clipe musical foram conduzidos à Delegacia de Caieiras. Nada de ilícito foi localizado. A Polícia Civil ainda não sabe a natureza do registro da ocorrência.

Últimas