São Paulo Assassinato a tiros de adolescente em passeio de moto é investigado

Assassinato a tiros de adolescente em passeio de moto é investigado

Maycon, de 17 anos, estava na garupa de um amigo quando o veículo passou a ser perseguido por um carro na zona sul de SP

  • São Paulo | Do R7, com informações da Record TV

Maycon, de 17 anos

Maycon, de 17 anos

Reprodução/Record TV

Um passeio de moto que deu origem a uma suposta perseguição e acabou com o assassinato de um adolescente na zona sul de São Paulo há cerca de uma semana é investigado pela Polícia Civil.

Maycon, de 17 anos, estava na garupa de um amigo quando foi baleado na cabeça no bairro do Campo Limpo. Ele e outros jovens passeavam de moto quando um carro começou a perseguí-los. Pelo menos três tiros foram disparados. Para fugir, os motociclistas entraram em uma viela e foi lá que Maycon caiu no chão. O amigo dele, que pilotava a moto, foi embora sem prestar socorro.

O jovem foi socorrido por moradores da região, chegou a fazer uma cirurgia mas não resistiu aos ferimentos. A família quer saber quem cometeu o crime e o motivo. Ainda que o rapaz estivesse com amigos, as versões sobre a história são confusas até mesmo para a polícia. Apesar da região ser movimentada e cheia de lojas com câmeras de segurança, a Polícia Civil ainda não encontrou imagens do atirador.

Segundo a família, os primeiros PMs que atenderam a ocorrência não acompanharam o registro do boletim de ocorrência. Depois de irem ao hospital e constatar a morte do jovem, os pais de Maycon contaram à Record TV que ainda passaram em duas delegacias da região, até conseguirem, enfim, registrar o caso.

Para a família, os amigos disseram que o atirador estava de carro. No local, a reportagem da Record TV procurou testemunhas para entender a possível dinâmica do crime. 

Os jovens estavam em ao menos quatro motos, passeando, então teriam entrado pela avenida principal em uma viela. Uma moradora, que poderia ter escutado, não ouviu nenhum tiro. Segundo as informações passadas pra família da vítima, ele teria sido atingido com um disparo. Porém, teriam sido disparados três tiros de dentro de um carro que ninguém identificou. O que chama atenção é que os vizinhos não sabem exatamente onde esses disparos aconteceram.

Maycon teria caído em um ponto no final ada viela, mas no local não passa carro. O que se sabe, portanto, é que os tiros não foram disparados ali. A vitima era conhecida na região, Maycon estava perto de casa, a cinco minutos de distância. Ele era o mais velho de três filhos.

O caso está sendo investigado pelo 37 DP (Campo Limpo).

Últimas