São Paulo Autoescolas fecham pista da Ponte Estaiada em protesto contra Detran

Autoescolas fecham pista da Ponte Estaiada em protesto contra Detran

Donos de unidades e motoristas fizeram protesto por mais de 16 horas contra sistema de aulas virtuais do Detran e pela reabertura das autoescolas

  • São Paulo | Edilson Muniz, da Agência Record

Pista interditada da Ponte Estaiada, por volta das 13 desta terça-feira (11)

Pista interditada da Ponte Estaiada, por volta das 13 desta terça-feira (11)

Reprodução/ Record TV

Representantes de autoescolas protestaram contra o sistema de aulas virtuais do Detran e ocuparam uma pista da Ponte Estaiada, na zona sul de São Paulo, das 21h da segunda-feira (10) até às 13h desta terça-feira (11). O ato também cobra por medidas de ajuda do governo estadual de São Paulo, já que os funcionários estão sem poder trabalhar desde o início da quarentena.

Leia mais: Homem que ofendeu entregador já destruiu carro de vizinha em SP

Os donos de autoescolas que participam do ato afirmam que sofrem com problemas com as aulas remotas e afirmam que o presidente do Detran pediu 10 dias de prazo para fazer o novo sistema de pré-cadastro. O prazo foi concedido, mas o sistema foi entregue cheio de falhas.

Como exemplo de algumas das falhas, um dos proprietários afirmou que apenas cerca de um em cada 10 alunos consegue fazer o pré-cadastro no sistema. Além disso, ele afirma que ao chegar na clínica médica, o sistema aponta que a biometria não confere com o aluno ou nem é reconhecida e, em alguns casos, alunos aparecem com registros de ocorrências registradas, mas o aluno nunca teve nenhum problema com a lei.

Em junho, o governo estadual retomou, de forma gradual, as atividades dos CFCs com as aulas práticas. No dia 22 de julho, a categoria já havia feito um protesto pela reabertura das autoescolas. As provas práticas de direção voltaram a partir do dia 27 de julho.

Em nota, o Detran-SP afirmou que, a partir desta segunda-feira (10), liberou as provas teóricas e a permissão para novos alunos iniciarem a primeira habilitação. O órgão ainda disse que "trabalha para oferecer soluções e minimizar o impacto causado aos CFCs" e que mantém o diálogo com a categoria de autoescolas.

O cadastro de novos alunos pode ser feito pelo portal do Detran.SP - www.detran.sp.gov.br. Na primeira etapa, poderão se inscrever os alunos com documento de identificação emitido em São Paulo e com validade de dois anos. Em seguida, segunda quinzena de agosto, serão contemplados os documentos com seis anos de emissão e depois todos os interessados poderão ingressar no processo.

Últimas