Coronavírus

São Paulo Belém faz mutirão da 2ª dose da Pfizer. Veja outras capitais

Belém faz mutirão da 2ª dose da Pfizer. Veja outras capitais

Será chamada toda população com mais de 18 anos na capital. É preciso levar RG, CPF e cartão de vacinação de Belém

São Paulo aplica a dose de reforço em funcionários municipais

São Paulo aplica a dose de reforço em funcionários municipais

Fernando Frazão/Agência Brasil

A vacinação contra a Covid-19 avança no país, e as capitais imunizam novas faixas etárias nesta sexta-feira (29). Na cidade de Belém, por exemplo, haverá o início de um mutirão para o feriado prolongado, que começará com a chamada para a segunda dose da Pfizer para todos os adultos. 

Confira como será a vacinação contra a Covid-19 nas capitais brasileiras que divulgaram cronograma para esta sexta-feira (29):

Rio de Janeiro

A cidade do Rio de Janeiro fará a repescagem da dose de reforço para idosos com 64 anos ou mais (que tomaram a segunda dose há até três meses) e profissionais da saúde (que tomaram a segunda dose em abril). 

Vale lembrar que o prazo da segunda dose da Pfizer foi antecipado para 21 dias para aqueles com mais de 30 anos que tomaram esse imunizante.

Belo Horizonte

A Prefeitura de Belo Horizonte vai aplicar a dose de reforço em idosos de 89 anos e mais cuja segunda dose tenha completado 6 meses ou que faltem até 15 dias para completar este prazo. Também haverá segunda dose para as pessoas de até 30 anos.

Só poderão concluir o esquema vacinal as pessoas que tenham, no mínimo, 8 semanas entre a aplicação da primeira e segunda dose. É necessário levar o cartão de vacina, o documento de identidade, CPF e comprovante de residência em Belo Horizonte.

Salvador

Salvador fará a vacinação da primeira dose para adolescentes de 12 a 17 anos, gestantes, puérperas (com prescrição médica). Também serão aplicadas a segunda e a terceira dose. Veja os públicos abaixo: 

- Segunda dose Coronavac para aqueles que estão com o reforço marcado para até 01/11
- Segunda dose Oxford e Pfizer para queles que estão com o reforço marcado para até 23/11
- Terceira dose para pessoas com 60 anos ou mais e trabalhadores de saúde com o nome no site da SMS que tomaram a segunda dose até 01/06; e para imunossuprimidos que tomaram a segunda dose até 29/09

São Paulo

São Paulo segue aplica a terceira dose da vacina em funcionários públicos que trabalham na GCM (Guarda Civil Metropolitana), além dos que são sepultadores ou fiscais das subprefeituras. Neste público é aplicado somente o imunizante CoronaVac.

Idosos com mais de 60 anos, profissionais da saúde maiores de idade e imunossuprimidos, que são pacientes que têm HIV ou pessoas que passaram por algum transplante, também já estão elegíveis para receber a dose de reforço.

Para os idosos, trabalhadores da saúde e funcionários públicos receberem a dose adicional, é necessário que tenham completado o esquema vacinal (com a segunda dose ou a dose única) há pelo menos seis meses. Já para os imunossuprimidos o intervalo é de 28 dias entre a segunda e a terceira dose.

Vale lembrar, ainda, que os adolescentes de 12 a 17 anos sem comorbidades já podem se vacinar com a primeira dose do imunizante contra a Covid-19.

Florianópolis

Florianópolis continuará com a aplicação da primeira dose no público de 18 anos ou mais. A segunda dose e a dose de reforço também seguem sendo aplicadas. Veja os prazos da terceira dose na cidade:

Idosos (60 anos ou mais) — cinco meses após a segunda dose
Profissionais e trabalhadores da saúde — 180 dias após a segunda dose
Pessoas com alto grau de imunossupressão — 28 dias após a segunda dose

Pontos de vacinação fixos, das 9h às 16h:
- Centro de Eventos da UFSC
- Centro de Eventos Luiz Henrique da Silveira
- Antigo Aeroporto
- Estádio Orlando Scarpelli
- Floripa Shopping

Ponto fixo de vacinação, das 7h30 às 18h30:
- Sead/Centro próximo ao Hippo

Curitiba

Curitiba segue com a aplicação de dose de reforço, antecipação da segunda dose para quem tomou Pfizer e repescagem para quem já foi convocado e não pôde comparecer. 

Primeira dose
- Pessoas com 18 anos ou mais
- Gestantes e puérperas com 12 anos ou mais
Segunda dose
- Pessoas que têm a segunda dose agendada no aplicativo Saúde Já
- Pessoas que perderam a data da aplicação da segunda dose agendada no Saúde Já
Dose de reforço
- Idosos com 70 anos ou mais vacinados com segunda dose até 30/4
- Imunossuprimidos vacinados com segunda dose até 29/9

João Pessoa

João Pessoa aplicará todas as modalidades de dose. A dose de reforço será destinada aos idosos (180 dias desde a segunda dose), trabalhadores da saúde (180 dias desde a segunda dose) e imunossuprimidos (28 dias após segunda dose). 

Belém

Belém fará um mutirão de vacinação e focará na segunda dose de todos os adultos que receberam a Pfizer. Para receber a segunda dose é necessário apresentar RG, CPF e cartão de vacinação de Belém.

Últimas