São Paulo Bolsonaro é multado pela 7ª vez por não usar máscara em São Paulo

Bolsonaro é multado pela 7ª vez por não usar máscara em São Paulo

Segundo o governo paulista, presidente foi autuado em ato na Paulista. Outras 13 autoridades também receberam multas

  • São Paulo | Do R7

O presidente Jair Bolsonaro durante ato a favor do governo, na Paulista

O presidente Jair Bolsonaro durante ato a favor do governo, na Paulista

DANILO M YOSHIOKA/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO-07/09/2021

O governo de São Paulo aplicou nesta terça-feira (7) nova autuação ao presidente Jair Bolsonaro por não utilizar máscara durante a manifestação na avenida Paulista. Os agentes da Vigilância Sanitária Estadual também autuaram outras 13 autoridades e personalidades, entre deputados, secretários, lideranças religiosas, artistas e empresários durante o ato.

Leia também: Atos pró e contra governo reúnem 140 mil pessoas em São Paulo

Segundo o governo, é a 7ª vez que Bolsonaro descumpre normas sanitárias e é autuado no estado. Legislação obriga o uso de máscaras e prevê multa de até R$ 1,5 milhão para infrações sanitárias gravíssimas. O auto de infração será encaminhado para todos por meio dos Correios. 

Outras 13 autoridades foram autuadas durante as manifestações na capital foram:

- André Porciuncula – subsecretário de Fomento e Incentivo à Cultura
- Carla Zambelli – deputada federal (SP)
- Danilo Balas – deputado estadual (SP)
- General Girão Monteiro – deputado federal (RN)
- Luciano Hang – empresário
- Marcio Labre – deputado federal (RJ)
- Marco Feliciano – deputado federal (SP)
- Magno Malta - ex-senador
- Mário Frias – secretário especial de Cultura
- Netinho - cantor
- Silas Malafaia - pastor 
- Suellen Rossin – prefeita de Bauru (SP)
-Tarcísio Gomes de Freitas – ministro da Infraestrutura

Últimas