São Paulo Bombeiros combatem incêndio em montanha mais alta de São Paulo

Bombeiros combatem incêndio em montanha mais alta de São Paulo

Fogo atinge grande área de cobertura vegetal no Pico da Pedra da Mina, que é a quarta montanha mais alta do Brasil. Trabalhos são feitos com helicóptero

  • São Paulo | Joyce Ribeiro, do R7

Bombeiros combatem incêndio em pico mais alto de SP

Bombeiros combatem incêndio em pico mais alto de SP

Reprodução / Corpo de Bombeiros SP

O Corpo de Bombeiros de São Paulo combate um incêndio em uma grande área de cobertura vegetal conhecida como Pico da Pedra da Mina, que é a quarta montanha mais alta do Brasil, e a mais alta do estado, com 2.798 metros de altitude. 

Leia mais: Mulher morre ao tentar escapar de incêndio no centro de São Paulo

O pico está localizado na Serra Fina, uma seção da Serra da Mantiqueira. A Pedra da Mina fica na divisa entre os Estados de Minas Gerais e São Paulo.

O fogo começou em território mineiro e, nesta sexta-feira (17), atingiu o território paulista. Os bombeiros iniciaram então uma operação de combate às chamas, com a instalação de um posto de comando na cidade de Cruzeiro, no campo da Faculdade de Educação Física.

Veja também: PM faz operação para impedir bailes funk na zona leste de SP

A partir de lá, os homens são transportados no helicóptero Águia da Polícia Militar  até a região do incêndio. O acesso por terra só é possível a partir do território mineiro e leva cerca de dois dias de caminhada, segundo a corporação.

Os bombeiros que combatem as chamas no Pico da Pedra da Mina serão substituídos agora pela manhã, com a chegada de 60 agentes que vão continuar as ações neste sábado (18).

Leia ainda: PF monta força-tarefa para apurar fraudes em auxílio emergencial

Com o aumento do efetivo em operação, o Comando de Aviação da Polícia Militar vai disponibilizar dois helicópteros em tempo integral para apoio: um Águia e um Augusta destinado ao transporte da tropa.

Últimas