Tragédia no centro de São Paulo
São Paulo Bombeiros voltam atrás e procuram um desaparecido em incêndio em SP

Bombeiros voltam atrás e procuram um desaparecido em incêndio em SP

Mais cedo, coronel da corporação havia dito que eram três as pessoas sumidas, sendo duas crianças gêmeas e uma mulher

incêndio sp

Incêndio destruiu prédio, que ruiu em seguida, no centro da capital paulista

Incêndio destruiu prédio, que ruiu em seguida, no centro da capital paulista

Leonardo Benassatto/Reuters - 1º.05.2018

O Corpo de Bombeiros de São Paulo  corrigiu, na manhã desta terça-feira (1º), o número de desaparecidos após o incêndio e o desabamento de um prédio na região central de São Paulo na madrugada. Agora, os homens da corporação estão em busca de uma pessoa desaparecida.

Mais cedo, o coronel Ricardo Peixoto, do Corpo de Bombeiros, havia dito que eram três os desaparecidos, sendo um casal de crianças gêmeas e uma mulher.

'Achei que fosse tiro, fui olhar pela janela e vi o fogo', relata morador

Porém, com o amanhecer, o capitão Marcos Palumbo, do Corpo de Bombeiros, explicou à RecordTV que a "situação momento é o que o Corpo de Bombeiros está fazendo o combate aos pequenos focos".

— A gente precisa de alguma forma extinguir esses focos para que a gente consiga evoluir na ocorrência. Fazendo as buscas das vítimas, que estão desaparecidas, ainda não temos a confirmação de quantas vítimas, trabalhamos com uma vítima desaparecida. No momento em que estava sendo resgatada, houve um colapso estrutural e ela acabou não conseguindo ser içada pelos bombeiros.

O coronel Ricardo Peixoto disse que o trabalho para a retirada de entulho deve levar uma semana. "Primeiro trabalho manual, ferramentas e por fim os tratores", explicou.

Sobre a mãe e os gêmeos que estariam desaparecidos, Peixoto informou que os Bombeiros acreditam que eles tenham fugido do local durante a confusão. "Nós temos esperanças que eles estejam vivos e bem", afirmou.

O edifício fica no Largo do Paissandu, próximo à avenida Rio Branco, na República, no centro de São Paulo. O local já pertenceu à Polícia Federal, mas estava desativado e ocupado irregularmente.

Assista ao vídeo com as últimas informações do Corpo de Bombeiros:

Desaparecido

A pessoa desaparecida estava sendo içada pelo Corpo de Bombeiros quando o prédio desabou. Esta vítima estava presa no 8º andar do prédio e os Bombeiros não puderam resgatá-la antes do desabamento.

Um prédio comercial vizinho ao local também foi atingido pelas chamas, mas não corre risco de desabar. O Corpo de Bombeiros confirmou que todas as pessoas que estavam neste edifício foram resgatadas com vida.

O incêndio começou por volta das 01h36 da manhã desta terça-feira (1º) e, de acordo com o Corpo de Bombeiros, 57 viaturas foram deslocadas ao local, com 160 homens trabalhando. Unidades do 1º, 2º, 3º, 4º, 5º e 17º Grupamentos do Corpo de Bombeiros seguem trabalhando no local.

Assista ao exato momento em que o prédio desaba no centro:

    Access log