São Paulo Caixa d'água em obras desaba sobre carros e muro em Diadema (SP)

Caixa d'água em obras desaba sobre carros e muro em Diadema (SP)

Segundo prefeitura, demolição estava paralisada por irregularidades, mas empresa continuou a obra mesmo sem permissão. Ninguém ficou ferido

  • São Paulo | Do R7, com informações da Agência Record

Uma caixa d'água que estava sendo demolida desabou na avenida Afonso Monteiro da Cruz, no bairro Serraria, em Diadema, na região metropolitana de São Paulo, às 15h deste domingo (23). A Defesa Civil foi acionada e ninguém ficou ferido.

A queda da estrutura cilíndrica foi filmada. É possível ver quando parte do concreto cai e, na sequência, a caixa rola sobre ao menos dois carros e um muro arrastando terra.

Leia mais: Menino de 15 anos mata irmão de 12 a facadas em Itatiba, em SP

O Corpo de Bombeiros chegou a enviar três equipes para o local, mas ninguém precisou de atendimento.

A Prefeitura de Diadema informou que a obra estava paralisada desde o dia 4 de maio por causa de irregularidades. O local foi interditado. A empresa Nor Brasil TPD, contratada pela CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano), retomou a demolição das caixas d'água, que ficam no condomínio, sem a apresentação de um alvará ou autorização da prefeitura.

Por nota, a CDHU informou que contratou o consórcio para fazer a demolição de duas caixas d'água desativadas, que antigamente serviam para abastecer um condomínio.

Veja também: Dois torcedores do Santos morrem durante briga com palmeirenses

Estrutura cedeu, rolou em barranco e atingiu ao menos dois carros

Estrutura cedeu, rolou em barranco e atingiu ao menos dois carros

DANILO M YOSHIOKA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Neste domingo, durante as obras, uma das caixas desabou causando danos materiais a veículos que estavam estacionados na área. A CDHU diz que enviou uma equipe de técnicos para o local para acompanhar a situação e vai acionar o seguro contratado para a execução da obra para indenizar os proprietários dos veículos. O consórcio vai prosseguir com as obras de demolição e limpeza do local.

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública, o caso foi registrado como desabamento ou desmoronamento pelo 3º Distrito Policial de Diadema. Foi realizada perícia no local e agora a Polícia Civil realiza diligências para esclarecer as circunstâncias que levaram à queda da caixa d'água.

Leia ainda: CNJ deve analisar na terça caso de desembargador que ofendeu GCM

Nesta segunda-feira (24), a área está ainda isolada, o cilindro gigante parado no meio da rua e os moradores continuam sem energia elétrica.

Segundo a Enel, a queda da caixa d'água impactou a rede elétrica, interrompendo o fornecimento para alguns clientes da região. As equipes da empresa trabalham para restabelecer a energia e aguardam a retirada da estrutura para finalizar os reparos.

Já a CDHU afirmou que disponibilizou um caminhão-pipa e dois geradores para atender os moradores da área.

Veja mais: 70 parques de SP retomam horário normal a partir desta segunda

De acordo com a prefeitura, a engenheira responsável pela obra estava no local e foi conduzida ao 1º DP para esclarecimentos.

A Nor Brasil TPD ainda não se pronunciou.

Últimas