São Paulo Câmara de SP adia discussão sobre fim da gratuidade para idosos

Câmara de SP adia discussão sobre fim da gratuidade para idosos

Audiência foi remarcada para o dia 25. Pessoas de 60 a 65 anos não têm mais direito ao transporte público sem pagar passagem

  • São Paulo | Do R7

Câmara de SP adia discussão sobre fim da gratuidade para idosos para o dia 25

Câmara de SP adia discussão sobre fim da gratuidade para idosos para o dia 25

Reprodução / Record TV

A audiência pública conjunta das Comissões de Educação, Cultura e Esportes e de Trânsito, Transporte e Atividade Econômica, que pretende discutir o fim da gratuidade do transporte público para idosos de 60 a 65 anos, foi adiada para o dia 25. Inicialmente o debate estava previsto para esta quinta-feira (11).

A justificativa para o reagendamento da audiência foi que "proporcionará mais tempo para análise do tema e debate". O requerimento foi aprovado pela Comissão de Trânsito na reunião do último dia 3.

Desde 1º de fevereiro os paulistanos desta faixa etária perderam o benefício, após decreto do prefeito Bruno Covas (PSDB) publicado em dezembro. A decisão foi alvo de críticas não somente pelo corte da gratuidade em si, mas também por ter avançado sem que houvesse discussão.

Vereadores aprovaram a iniciativa da prefeitura como uma emenda “jabuti”, manobra usada quando outros temas são inseridos em meio a uma questão específica. Neste caso, a suspensão do benefício foi embutida em uma proposta para mudanças na estrutura de fiscalização das subprefeituras.

Audiência

O debate será transmitido na quinta-feira, dia 25, às 18h, ao vivo, pelo Portal da Câmara Municipal de São Paulo e pode ser acompanhado também pelas redes sociais do Legislativo e YouTube.

A população já pode participar da audiência pública virtual por meio do formulário de propostas ou inscrição para se manifestar pelo aplicativo Microsoft Teams no link. O tempo de fala de cada orador é de três minutos.

Últimas