Câmara de SP aprova R$ 38 milhões para saúde e assistência social

A iniciativa visa promover ações de combate ao coronavírus nas duas pastas; o PL foi assinado de forma coletiva por todos os 55 vereadores

A discussão e a votação foi feita de maneira virtual

A discussão e a votação foi feita de maneira virtual

Reprodução/ Twitter / 13.04.2020

A Câmara Municipal de São Paulo aprovou por unanimidade, na tarde desta segunda-feira (13/4), o Projeto de Lei 235/2020, que destina R$ 38 milhões de recursos do Legislativo para as secretarias de Saúde e Assistência Social para combate ao coronavírus.

Leia mais: Brasil soma 1.328 mortes por covid-19 e 23.430 casos confirmados

O projeto de lei foi assinado de forma coletiva por todos os 55 vereadores e foi votado pelo Plenário Virtual. O projeto segue para sanção do prefeito Bruno Covas (PSDB) para transferência automática dos recursos.

O dinheiro é proveniente de medidas de economia do Legislativo e está no Fundo Especial de Despesas da Câmara, originalmente destinado para custear aprimoramentos da Casa.