Reforma da Previdência

São Paulo Câmara de SP define cronograma para votar Reforma da Previdência

Câmara de SP define cronograma para votar Reforma da Previdência

Projeto deve ser votado em primeiro e em segundo turno até 12 de novembro. Câmara será reaberta à população nas sessões

  • São Paulo | Do R7

Comissão será criada para aperfeiçoar proposta e sugerir melhorias

Comissão será criada para aperfeiçoar proposta e sugerir melhorias

Divulgação - 08.08.2021

A Câmara Municipal de São Paulo definiu o cronograma de discussão e votações do (PLO 7/21), enviado pelo prefeito Ricardo Nunes (MDB), para fazer a reforma da Previdência municipal. De acordo com o combinado entre os vereadores, o PL já será votado em primeiro turno na próxima quarta-feira (13). 

Para as discussões da proposta, a galeria do Plenário da Câmara será reaberta para que até 100 pessoas presenciem a votação. Será estabelecido um limite de 50 participantes para o grupo a favor e o contra a reforma. Os participantes também terão que apresentar certificado de vacinação, usar máscara e seguir protocolos de distancialmento social. 

Atualmente, a Câmara segue fechada para visitantes. Há acesso aos gabinetes de vereadores mediante agendamento prévio. As votações seguem de forma híbrida (com vereadores no Plenário e por videoconferência).

Na próxima quinta-feira (7), a Câmara criará a Comissão de Estudos da reforma. Serão sete membros que serão indicados de forma proporcional pelas bancadas de partidos.

A comissão terá 30 dias de duração e deverá apresentar sugestões ao texto enviado pelo prefeito depois de ouvir especialistas e os envolvidos no tema antes da votação em segundo turno. Esta votação deve ocorrer entre 9 e 12 de novembro. 

Últimas