Coronavírus

São Paulo Campinas dá 1º passo na vacinação contra a covid-19 no interior de SP

Campinas dá 1º passo na vacinação contra a covid-19 no interior de SP

Plano de imunização no município do interior paulista priorizará os profissionais de saúde e as populações indígenas locais

  • São Paulo | Do R7

Vacinas chegaram a Campinas na tarde desta segunda-feira (18)

Vacinas chegaram a Campinas na tarde desta segunda-feira (18)

Wagner Souza/Futura Press/Folhapress - 18.01.2021

A vacinação contra o novo coronavírus no interior de São Paulo teve início em Campinas, na tarde desta segunda-feira (18), às 15h30.

O governador João Doria participou do início do processo de imunização na cidade e, assim como neste domingo (17), esteve ao lado da primeira profissional de saúde vacinada na região.

"Mais um importante passo para proteger os heróis da medicina que se arriscam diariamente pela população no enfrentamento da pandemia", afirmou Doria durante a visita a Campinas, onde a técnica de enfermagem Liane Santana recebeu a primeira dose do imunizante. 

Liane foi primeira vacinada na cidade

Liane foi primeira vacinada na cidade

Divulgação/Governo do Estado de São Paulo

O plano de imunização no município do interior priorizará os profissionais de saúde e as populações indígenas locais.

Esta semana, 30 mil profissionais serão vacinados em SP

Cerca de 30 mil profissionais da saúde do hospital da Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo) estão sendo vacinados a partir desta segunda-feira (18) com as primeiras doses da CoronaVac, imunizante contra o novo coronavírus. A vacinação começou em um espaço de 1000 m² do Centro de Convenções Rebouças, ao lado do complexo do hospital.

Nesta segunda-feira (18), 400 profissionais devem ser imunizados, mas a previsão é de que até quinta as 30 mil pessoas sejam vacinadas com a primeira dose do imunizante. A expectativa é que a megaoperação imunize 30 mil profissionais de saúde do hospital da Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo) nesta primeira etapa da campanha. 

A previsão é de que, em todo o Estado, 1,5 milhão de profissionais da saúde sejam vacinados na primeira fase do plano de imunização do governo paulista.

Últimas