Coronavírus

São Paulo Capital paulista antecipa segunda dose da Pfizer a partir desta quarta

Capital paulista antecipa segunda dose da Pfizer a partir desta quarta

Redução de 56 para 21 dias não é válida para os adolescentes; público estimado a ser beneficiado é de 82.804 pessoas

  • São Paulo | Do R7

Segunda dose da Pfizer será aplicada em intervalo mais curto

Segunda dose da Pfizer será aplicada em intervalo mais curto

Reprodução/Rovena Rosa/Agência Brasil

A cidade de São Paulo passa a adotar o intervalo de 21 dias entre a primeira e a segunda dose da vacina da Pfizer contra a Covid-19 a partir desta quarta-feira (20). A medida valerá somente para quem tem idade acima de 18 anos e deve beneficiar 82.804 pessoas na capital e cerca de 2 milhões no estado. 

A redução do prazo de 56 para 21 dias não é válida para os adolescentes. Para os jovens de 12 a 17 anos, o intervalo entre as doses permanece de oito semanas. A antecipação para esse público será adotada a partir da disponibilização de mais doses por parte do Ministério da Saúde.

A alteração se dá após o governo de São Paulo anunciar na última segunda-feira (18) uma mudança no intervalo para todo o estado. Os municípios ficaram com a incumbência de definir como e quando a mudança se dará.

Com relação às outras vacinas, o intervalo para a segunda dose se mantém em 12 semanas para a AstraZeneca e de 28 dias para a CoronaVac.

Veja o público-alvo da vacinação

A cidade de São Paulo segue vacinando com a terceira dose da vacina contra a Covid-19 idosos com mais de 60 anos e profissionais da saúde maiores de idade nesta quarta-feira. Os imunossuprimidos também podem procurar as unidades de saúde para receber o reforço.

Para receber a terceira dose, o grupo deve ter completado o esquema vacinal (com primeira e segunda doses tomadas, ou dose única) há pelo menos seis meses, com exceção dos imunossuprimidos, que são pacientes que têm HIV ou pessoas que passaram por algum transplante. Esse público pode receber o reforço se tiver completado o esquema vacinal há pelo menos 28 dias.

É necessário, ainda, levar o documento de identificação e o comprovante de vacinação físico ou digital.

Além disso, os adolescentes de 12 a 17 anos sem comorbidades já estão elegíveis para receber a primeira dose. Nesse grupo é aplicado exclusivamente o imunizante da Pfizer, o único autorizado pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para pessoas com menos de 18 anos.

Postos de vacinação

A primeira dose, a segunda e a adicional são oferecidas das 8h às 17h nos megapostos, drive-thrus e farmácias parceiras e das 7h às 19h em UBSs (Unidades Básicas de Saúde) e AMAs/UBSs Integradas.

Filômetro e pré-cadastro

O site De Olho na Fila ajuda a evitar aglomerações ao exibir a movimentação de pessoas nas unidades. A ferramenta também informa quais vacinas estão disponíveis para a aplicação da segunda dose.

Além disso, fazer o preenchimento do pré-cadastro no site Vacina Já agiliza o tempo de atendimento no posto de vacinação.

Últimas