São Paulo Capital paulista passa a usar CoronaVac apenas como 2ª dose

Capital paulista passa a usar CoronaVac apenas como 2ª dose

Decisão da Prefeitura de SP se dá para evitar falta do imunizante para quem tomou a vacina do Butantan como 1ª dose

  • São Paulo | Do R7

Coronavac, que passou a ser aplicada apenas como segunda dose em SP

Coronavac, que passou a ser aplicada apenas como segunda dose em SP

Evaristo Sá/AFP - 13.09.2021

A cidade de São Paulo passou a utilizar nesta quarta-feira (20) a vacina CoronaVac apenas para aplicação de segunda dose contra a Covid-19. A informação foi divulgada pela Secretaria da Saúde do município. A decisão se dá em razão da falta de doses para a manutenção da aplicação de primeiras e segundas doses, como vinha ocorrendo.

De acordo com o secretário municipal da Saúde, Edson Aparecido, a prioridade é concluir a vacinação de quem já recebeu a CoronaVac na primeira dose. O secretário ressaltou ainda a importância da vacina fabricada pelo Instituto Butantan, em parceria com o laboratório chinês Sinovac. "A CoronaVac é uma vacina importante, que salvou muitas vidas, principalmente dos idosos, no início da vacinação”, disse.

Dessa forma, aqueles que ainda venham a receber a primeira dose terão como possíveis imunizantes a vacina da Pfizer e a da AstraZeneca.

A primeira dose está disponível para adolescentes de 12 a 17 anos de idade e também para os adultos com mais de 18 anos que não tenham tomado logo quando sua faixa etária foi liberada para vacinação pela administração municipal.

A disponibilidade de segundas doses das vacinas pode ser verificada por meio da plataforma De Olho na Fila. A lista completa de postos pode ser encontrada na página Vacina Sampa.

Últimas