São Paulo Casa explodida por homem em SP será demolida, diz Defesa Civil

Casa explodida por homem em SP será demolida, diz Defesa Civil

Eric Lovison responderá por lesão corporal e tentativa de homicídio. Homem gravou crime e publicou na internet

  • São Paulo | Do R7, com informações da Record TV

Após explosão provocada por homem, prédio fica condenado, diz Defesa Civil

Após explosão provocada por homem, prédio fica condenado, diz Defesa Civil

Reprodução Record TV

O prédio em que está localizada a casa explodida na madrugada da segunda-feira (4) pelo agricultor Eric Lovison na cidade de Fatura, no interior de São Paulo, precisará ser demolido. A perícia científica foi até o local, mas agora o trabalho está sob responsabilidade da Defesa Civil. "O prédio está todo condenado e estamos contratando uma empresa para fazer a demolição", afirmou Maurício Teixeira, coordenador da Defesa Civil. 

O explosão atingiu seis policiais militares que estavam no imóvel, um deles está internado em estado grave. O homem foi preso em flagrante e vai responder por lesão corporal e tentativa de homicídio. Antes do crime, Eric Lovison gravou imagens em que mostrava a preparação para a explosão.

Nas imagens postadas nas redes sociais, é possível ouvir o agricultor afirmando que há combustível em todo o piso do imóvel. "Gasolina por todo o chão derrapando, gás aberto", diz. No vídeo, o homem abre a válvula de dois botijões de gás enquanto filma.

Eric Lovison começa o vídeo caminhando pela casa, registrando as cenas do piso molhado com o combustível. Depois, com uma das mãos segurando a câmera, registra a abertura da válvula e diz: "gás aberto". A mulher e os filhos do homem não estavam em casa durante a explosão.

O homem também mandou mensagens para a mulher avisando que explodiria o imóvel e a ameçou. A ação do agricultor Eric Lovison deixou a vizinhança assustada. Os policiais militares que haviam chegado para atender uma ocorrência de briga de casal ficaram feridos com a explosão. Quatro agentes estão internados em estado graves. Um deles teve traumatismo craniano além das queimaduras.

De acordo com a delegada Camila Rosa Alves, Eric negou as informações e afirmou não saber o que aconteceu. Entretanto, os policiais afirmam terem visto Eric ateando fogo na casa.

A explosão

Eric Lovison, de 44 anos, abriu o registro de três botijões de gás e espalhou gasolina na casa em que vive, provocando uma explosão na noite da segunda-feira (4), na cidade de Fartura, a 360 quilômetros da capital de São Paulo.

Equipes do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar foram acionadas para atender uma ocorrência de uma briga de casa na rua das Figueiras, no bairro de Vila Esperança. Ao chegarem no local, havia apenas um homem que ameaçou colocar fogo na casa e tirar a própria vida.

Os policiais tentaram negociar com o homem, mas, como ele não teria respondido, decidiram, então, entrar na casa. Quando estavam no quintal, ocorreu a explosão. Dois PMs foram socorridos em estado grave e transferidos para a Santa Casa de Avaré. Outros quatro tiveram ferimentos leves.

O autor não se feriu. Ele foi preso em flagrante e ouvido pela delegada Camila Rosa Alves, na delegacia de Taquarituba. Na ocasião, o homem teria confessado que tudo começou após ele ter brigado com a mulher.

Em seguida, ele teria enviado mensagens à mulher dizendo que tiraria a própria vida. Eric Lovison chegou a gravar vídeos em que aparecia abrindo as válvulas dos botijões. Para a delegada, ele negou que tivesse provocado a explosão.

Últimas