Novo Coronavírus

São Paulo Casarão nos Jardins é fechado por sediar jogos clandestinos

Casarão nos Jardins é fechado por sediar jogos clandestinos

Vinte pessoas, entre apostadores e funcionários, foram detidos no endereço situado em área nobre de SP, nesta segunda-feira (15)

  • São Paulo | Rafael Custódio, da Agência Record

Casarão nos Jardins era utilizado para jogos clandestinos

Casarão nos Jardins era utilizado para jogos clandestinos

Reprodução

A Polícia Civil prendeu, na noite desta segunda-feira (15), 20 pessoas em uma casa de pôquer clandestina no Jardins, área nobre da zona oeste de São Paulo.  Fora detidos 12 apostadores e oito funcionários, em sua maioria homens idosos.

A operção policial ocorreu no momento em que São Paulo bate recorde de mortes diárias, em virtude da covid-19 e na fase emergencial, a mais restritiva desde o início da pandemia do coronavírus.

Segundo a chefia de investigação do 78º DP (Jardins), onde o caso foi registrado, os apostadores têm alto padrão social, observação feita pelo nível dos carros estacionados no imóvel. Os detidos devem assinar um termo circunstanciado.

A ação ocorreu após uma  denúncia anônima sobre o funcionamento de um local de apostas ilegais no casarão da Automóvel Clube Paulista, situado na esquina das avenidas Brasil e Nove de Julho.

Os policiais foram até o endereço e, passando-se por apostadores, foram levados até um andar superior, nos fundos do imóvel. Ao constatarem que o casarão servia de fachada para apostadores ilegais, os policiais civis acionaram o restante da equipe.

Últimas