caso vitoria
São Paulo Caso Vitória: Justiça decreta prisão de suspeito de participar de crime

Caso Vitória: Justiça decreta prisão de suspeito de participar de crime

Segundo a polícia, homem preso mudou de versão pelo menos seis vezes e em uma delas disse ter participado do crime. Caso deve seguir em segredo

Menina Vitória está desaparecida desde o dia 8 de junho

Menina Vitória está desaparecida desde o dia 8 de junho

Reprodução/RecordTV

A Justiça de São Paulo decretou, na tarde desta sexta-feira (15), a prisão temporária do homem suspeito de participar do possível sequestro da menina Vitória Gabrielly Guimarães Vaz, 12 anos, no dia 8 de junho, na cidade de Araçariguama (55 km São Paulo). A polícia realiza buscas pela menina há uma semana.

Corpo da menina Vitória é encontrado no interior de SP

De acordo com o delegado Acássio Leite, titular da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de Sorocaba, a partir de agora a polícia não deve mais passar informações sobre o caso para seguir as investigações em segredo.

Assista o vídeo e saiba mais detalhes sobre o desaparecimento de Vitória:

Segundo a polícia, esse suspeito teria mudado a versão sobre o caso pelo menos seis vezes. Em uma das versões prestadas no DP de Araçariguama, o homem teria dito que participou da ação criminosa que sequestrou a menina.

Depois da expedição do mandado de prisão, o suspeito se entregou na delegacia de polícia da cidade. 

A princípio, o homem era tratado como testemunha. Após falar sobre uma possível participação no crime, na última quinta-feira (14), a polícia enviou o pedido de prisão temporária para a Justiça.

Em contatos com amigos desse suspeito, porém, a polícia teria descoberto que ele tem o costume de assumir crimes sem ter praticado-os. A polícia disse que ele faz isso para manter a "fama de criminoso" em seu bairro.

Na tarde desta sexta-feira, os policiais receberam do Fórum de São Roque o mandado. O suspeito deve ficar detido pelo prazo de 30 dias.

O Copom recebeu uma denúncia anônima, na tarde desta sexta-feira, de que a menina Vitória estaria em um cativeiro na zona leste de São Paulo.