São Paulo Casos de dengue sobem para 38 mil em Sorocaba 

Casos de dengue sobem para 38 mil em Sorocaba 

Entre os bairros mais afetados estão Lopes de Oliveira, com 581 casos de dengue

Casos de dengue sobem para 38 mil em Sorocaba 

Desde o início do ano, a cidade já registrou 11 mortes

Desde o início do ano, a cidade já registrou 11 mortes

Caroline Apple/R7

O munícipio de Sorocaba registrou na última semana 6.705 novos casos de dengue na cidade, o que fez o número de infectados subir para 37.914. Desde o início do ano, a cidade já registrou 11 mortes; outros 15 casos aguardam o resultado clínico.

Em coletiva de imprensa realizada nesta quarta-feira (8), o secretário municipal de saúde, Francisco Antônio Fernandes, afirmou que apesar dos números serem alarmantes, já pode ser notado um resultado das ações promovidas pela Prefeitura.

— O número de casos registrados e internações têm diminuído nas últimas semanas. Isso mostra que a Prefeitura está agindo.

O secretário afirmou que os bairros mais afetados pela doença são: Lopes de Oliveira (581), Nova Esperança (540) e Nova Sorocaba (511). De acordo com o secretário, o bairro Lopes de Oliveira encabeça a lista dos mais afetados porque o posto de saúde da região passou a atender aos finais de semana, agregando a demanda dos bairros vizinhos.

Além das ações da Prefeitura para combater a epidemia como nebulização (pulverização de inseticida) e a coleta de materiais onde o mosquito pode se proliferar, a cidade aguarda para esta quinta-feira (9) a chegada de um contingente de médicos oferecido pelo Estado de São Paulo para atuar no atendimento específico de casos de suspeita de dengue em hospitais da região. Os médicos serão distribuídos pelos hospitais do município.

Leia mais notícias sobre São Paulo