São Paulo Catador de recicláveis agredido por entregador morre em SP

Catador de recicláveis agredido por entregador morre em SP

Homem de 54 anos estava internado desde o dia 1º de setembro, depois de ter sido agredido por um entregador de móveis na zona leste de SP

  • São Paulo | Enrico Bertagnoli, da Agência Record

Momento que homem foi agredido

Momento que homem foi agredido

Divulgação/ Agência Record

O catador de recicláveis Cícero Joaquim de Lima Filho, de 54 anos, que estava internado desde 1º de setembro, quando foi agredido por um entregador de móveis, morreu na noite desta terça-feira (10).

O homem foi agredido durante uma discussão na zona leste de São Paulo. Ele levou um soco no rosco, caiu de cabeça no chão e teve traumatismo craniano.

Câmeras de segurança registraram o agressor fugindo sem prestar socorro em um caminhão de entrega de uma loja de móveis. O agredido permaneceu caído, conseguiu se levantar, mas posteriormente foi levado ao hospital.

Segundo uma sobrinha de Cícero, ele permaneceu em estado vegetativo, no Hospital Ermelino Matarazzo desde então. Nas últimas semanas, esboçando melhora, ele respondia perguntas de familiares piscando os olhos e com pequenos movimentos da mão.

Familiares foram visitá-lo na noite desta terça-feira, como de praxe, quando foram informados da morte.

O caso foi registrado como agressão dolosa no 22º Distrito Policial.

Últimas