Chuva deixa SP em estado de alerta e causa transtornos nesta 5ª feira (9)

Bairros de Jaçanã e Tremembé, na zona norte, entram em estado de atenção no monitoramento do CGE-SP. Ruas estão alagadas também na zona sul

Imagem do céu na capital paulista nesta quinta-feira (9)

Imagem do céu na capital paulista nesta quinta-feira (9)

Reprodução/ Record TV

A cidade de São Paulo foi colocada em estado de atenção para alagamentos, mais uma vez, nesta quinta-feira (9). Às 18h56, o CGE-SP (Centro de Gerenciamento de Emergências da Prefeitura de São Paulo, elevou o grau de preocupação com a subprefeitura Jaçanã-Tremembé, que passou a classificação de alerta.

Leia mais: Veículo cai em cratera que surgiu na Bela Vista, região central de SP

Pouco depois, às 19h22, as regiões central, sul e oeste retornaram para o estágio inicial (observação), considerado normal. Porém, a maior parte da zona norte permaneceu em atenção.

Há dois pontos de alagamento ativos na cidade, um deles intransitável — na avenida Francisco Inglês, região de Jaçanã-Tremembé. O outro está localizado na pista local da Marginal Pinheiros, sentido Castello Branco, na zona oeste da cidade.

Leia mais: Chuva causa prejuízos e deve persistir nesta quinta-feira em SP

Na zona norte da cidade ruas ficaram alagadas e a chuva chegou a criar uma verdadeira cachoeira em uma viela da região do Jardim Peri. As zonas sul e leste também já foram afetadas por um temporal que causou transbordamento de córregos e desmoronamentos.

Afogamento

Na região de São Miguel Paulista, zona leste, o Corpo de Bombeiros enviou uma equipe para atender a uma ocorrência de afogamento. Uma pessoa estaria se afogando no rio Tietê, próximo à avenida Doutor José Artur Nova, número 10, às 17h17.

Até às 18h30, o Corpo de Bombeiros registrou uma ocorrência de desabamento em Mauá, na Grande São Paulo e três ocorrências de quedas de árvores.

Chuva provoca cachoeira em rua da zona norte de SP

Chuva provoca cachoeira em rua da zona norte de SP

Reprodução/RecordTV

Caos em SP

O temporal da última quarta-feira (8) causou estrago na Grande São Paulo, em especial na região leste da metrópole. O Corpo de Bombeiros registrou 89 chamados para quedas de árvores, 36 para desabamentos e 118 para inundações. 

Em uma agência bancária de Ferraz de Vansconcelos, uma agência bancária ficou tomada pelas águas. Na mesma região uma pessoa que desapareceu durante a chuva foi localizada sem vida dentro da área de uma empresa atingida pelas águas.

Outro vídeo flagrou uma UBS na capital paulista, alagada pela chuva depois que o teto do recinto não resistiu ao temporal. Em Mogi das Cruzes, as principais vias da cidade foram alagadas, com ônibus paralisados e carros completamente submersos pela altura das águas.