São Paulo Chuva derruba árvores e provoca queda de energia em São Paulo

Chuva derruba árvores e provoca queda de energia em São Paulo

O Centro de Gerenciamento de Emergência, da Prefeitura de SP, declarou estado de atenção para alagamentos em toda a cidade neste sábado (3)

Em SP, temporal provoca queda de árvores e queda de energia

Queda de energia em SP

Queda de energia em SP

Fabíola Perez / R7 / 03.11.2018

O temporal que atinge a cidade de São Paulo, na noite deste sábado (3), deixou todas as zonas municipais em estado de atenção para alagamentos, além de derrubar árvores e provocar queda de energia.

Áreas de instabilidade formadas pelo calor e aproximação de uma frente fria estão provocando fortes rajadas de vento e chuva moderada a forte na capital paulista e Grande São Paulo, segundo o CGE (Centro de Gerenciamento de Emergência). O estado de atenção para alagamentos foi decretado pelo órgão para todas as zonas e marginais Pinheiro e Tietê às 19h20.

O órgão informa que medidas simples podem amenizar os efeitos dos alagamentos: evitar transitar em ruas alagadas, não se aventurar a enfrentar correntezas, permanecer em lugar seguro, manter distância da rede elétrica e não ficar debaixo de árvores.

Leia mais: Vídeo flagra chegada de tempestade e assusta moradores do ES; assista

Até as 19h10, o Corpo de Bombeiros recebeu 38 chamados para queda de árvores e oito para realizar vistorias relacionadas a potenciais quedas de árvores.

Moradores da capital paulista também registraram queda de energia elétrica em determinadas regiões. Na Mooca, zona leste do município, munícipes estão sem luz desde às 19h. Na Barra Funda, zona oeste, também há registro.

Em nota, a Eletropaulo esclarece que as interrupções no fornecimento de energia "foram causadas pela chuva e ventos fortes que atingiram a Grande São Paulo". Segundo a companhia, as regiões sul, oeste e leste foram as mais atingidas. "Equipes da concessionária continuam trabalhando em diversos pontos da área de concessão para resolução das ocorrências", finalizou.

Veja também: Chuva deixa ruas de Guarulhos (SP) alagadas

Nas redes sociais, internautas comentaram sobre as condições meteorológicas. Um homem disse que era "os ventos mais fortes que já viu antes de uma chuva". Outra respondeu: "peguei esses ventos correndo na avenida Paulista".

Próximos dias

No domingo (4), primeiro dia de Enem 2018, uma frente fria se propaga pelo litoral paulista. Esse sistema muda o tempo na região metropolitana, provocando chuvas fracas e garoa intermitente. Assim sendo, o órgão prevê a queda da temperatura, sendo mínima de 17°C e máxima de 23°C.

Na segunda-feira (5), o sistema se afasta para alto mar. No entanto, o dia ainda terá céu encoberto e sensação de frio na capital paulista. Os termômetros oscilam entre 16°C ao amanhecer e 21°C no início da tarde.

*Colaborou Mariana Rosetti, da Agência Record