São Paulo Chuva forte provoca alagamentos e deixa regiões de SP em atenção

Chuva forte provoca alagamentos e deixa regiões de SP em atenção

Toda a cidade está em estado de atenção para alagamentos. Até o momento, o Corpo de Bombeiros registrou uma queda de árvore

  • São Paulo | Do R7

Chuva vindo do Jabaquara em direção a Vila Mariana na Zona Sul de São Paulo nesta quarta-feira (24)

Chuva vindo do Jabaquara em direção a Vila Mariana na Zona Sul de São Paulo nesta quarta-feira (24)

LÉO PINHEIRO/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO - 24.02.2021

A chuva forte que atinge a capital paulista na tarde desta quarta-feira (24) deixou todas as regiões da cidade em estado de atenção para alagamentos, de acordo com o CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências).

A região do Ipiranga deixou o estado de alerta por volta das 16h, ativado às 14h13 por risco iminente de transbordamento do córrego Ipiranga, na altura da Praça Leonor Kaupa.

Caiu granizo na Mooca, na zona leste, às 14h25.

A zona sul e a Marginal Pinheiros estão em atenção desde as 13h. Às 13h37 foi a vez das zonas oorte, sudeste, leste e do centro. Às 14h35, entraram a zona norte e a região da Marginal Tietê.

A chuva é provocada por áreas de instabilidade vindas de Itapecerica da Serra e Juquitiba, na Grande São Paulo. Chuva moderadas e fortes atingem a zona leste, principalmente nas subprefeituras da Mooca, Penha, Ermelino Matarazzo e Aricanduva/Formosa.

A zonas de instabilidade se deslocam em direação a Suzano, na Grande São Paulo. As próximas horas seguem com tempo instável, por causa de novas áreas de chuva vindas do interior.

O CGE tem registros de três pontos de alagamentos, todos transitáveis. O helicóptero da Record TV mostrou um motorista sem conseguir trafegar no meio de um alagamento na avenida Jornalista Roberto Marinho, na zona sul da cidade. O Corpo de Bombeiros recebeu dois chamados de alagamento na região do Campo Belo, também na zona sul e na região da Sé, no centro. Apenas uma ocorrência de queda de árvore foi registrada, até o momento, na rua Pedro de Lucena, na Mooca, zona leste de São Paulo, por volta das 14h30. Segundo os Bombeiros, não houve vítimas.

Chuva na região da avenida Roberto Marinho, na zona sul de São Paulo

Chuva na região da avenida Roberto Marinho, na zona sul de São Paulo

RENATO S. CERQUEIRA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Equipes realizam o corte de uma árvore com iminência de queda, na rua na Dias Leme, também na Mooca.

As rajadas de vendo chegaram a 74 Km/h na região do Aeroporto de Congonhas às 13h42, segundo o CGE.

Últimas