São Paulo Chuva provoca queda de árvores e alagamentos nesta segunda em SP

Chuva provoca queda de árvores e alagamentos nesta segunda em SP

Corpo de Bombeiros também registrou desabamentos em decorrência das pancadas de chuva desde a noite de domingo. Ao menos dois se afogaram

chuvas, são paulo, árvores, alagamentos, são paulo

Na zona leste, carros ficaram ilhados na enchente

Na zona leste, carros ficaram ilhados na enchente

Reprodução/Record TV

As pancadas de chuva que atingiram São Paulo, na madrugada desta segunda-feira (4), provocaram ao menos 28 pontos de enchentes, sete quedas de árvores e dois casos de desabamento, de acordo com o Corpo de Bombeiros.

As regiões mais afetadas são as zonas leste e sul da capital paulista — segundo o CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências), são ao menos 12 pontos de alagamentos, sendo três deles intransitáveis.

Na região metropolitana, há pontos de alagamento em Ribeirão Pires e em Guarulhos.

A repórter da Record TV Marcela Varasquim está zona leste de São Paulo na divisa com Guarulhos, onde está um dos piores pontos de alagamento da região metropolitana. No local, os carros se arriscam pelo alagamento.

Na região da avenida Paulista, zona sul da cidade, a repórter da Record TV Ingrid Griebel mostrou que ainda chove forte no local, onde os termômetros marcam 21 ºC. A zona sul foi bastante castigada pela chuva, que veio do oceano.

Segundo o CGE, três avenidas de São Paulo estão, às 7h10 desta manhã, completamente intransitáveis desde a madrugada até a manhã desta segunda-feira.

A avenida Senador Teotônio Vilela, na zona sul, está alagada desde 3h21; já a avenida Falchi Gianini, na Vila Prudente, zona leste, está intransitável desde 3h13; e, por fim, a avenida Santos Dumont, no sentido Aeroporto/Santana, está fechada desde às 4h54.

No transporte público, os trens da linha 9-Esmeralda da Na CPTM trafegam com velocidade reduzida e maior tempo de parada entre as estações Socorro e Granja Julieta. A razão é alagamento nos trilhos.

O helicóptero da Record TV registrou um grande alagamento no cruzamento entre a avenida do Estado e a marginal do rio Tietê. Mais cedo, havia também ponto te enchente na rodovia Anchieta, entre as regiões Leste e Sul de São Paulo, próximo ao córrego dos Meninos. O alagamento na rodovia, porém, já diminuiu bastante.

Durante a madrugada, a cidade foi atingida por ventos de até  51 km/h. A chuva deverá permanecer durante todo o dia e hoje, segundo o Tempo Agora, os termômetros não devem devem passar de 25 ºC.

Marginais Tietê e Pinheiros têm trânsito pesado

Marginais Tietê e Pinheiros têm trânsito pesado

Reprodução/Record TV

Afogamentos

Ao menos duas pessoas se afogaram entre a noite de domingo e as primeiras horas do dia na região metropolitana de São Paulo — uma em São Bernardo do Campo e outra na região central da capital.

De acordo com os Bombeiros, por volta das 21h, houve um chamado para afogamento na avenida Tocantins, em Rio Grande, São Bernardo do Campo. A vítima foi encontrada por volta de meia-noite, mas não resistiu.

O segundo caso de afogamento foi registrado por volta das 22h30 na avenida Mercúrio, perto do museu Catavento, região central de São Paulo. A vítima, um homem de 34 anos, foi retirado com vida e ferimentos nas pernas e, em seguida, levado para o pronto-socorro do Hospital São Paulo.