Coronavírus

São Paulo Cidade de SP antecipa para quarta vacinação para quem tem 40 anos

Cidade de SP antecipa para quarta vacinação para quem tem 40 anos

Nesta segunda e terça-feira, 1ª dose contra covid-19 é aplicada em pessoas de 41 anos. Taxa de ocupação de UTI caiu para 58%

  • São Paulo | Joyce Ribeiro, do R7

Cidade de SP antecipa para quarta-feira (7) vacinação para quem tem 40 anos

Cidade de SP antecipa para quarta-feira (7) vacinação para quem tem 40 anos

Reprodução Record TV

A Prefeitura de São Paulo antecipou a vacinação contra a covid-19 para pessoas de 40 anos. A primeira dose do imunizante poderá ser recebida na capital nesta quarta-feira (7) e quinta-feira (8), segundo o prefeito Ricardo Nunes (MDB). São esperadas 134 mil pessoas nesta faixa etária.

"Precisávamos de 126 mil doses para começar a vacinação e recebemos no sábado 130 mil doses, então podemos antecipar com tranquilidade para quarta-feira", destacou o prefeito.

Nesta segunda (5) e terça-feira (6), é a vez da imunização de moradores com 41 anos. A população deste grupo é estimada em 132 mil pessoas.

Na sexta-feira (9) e no sábado (10), acontece a repescagem para as pessoas que não conseguiram se imunizar nas datas previstas. Por ser feriado da Revolução Constitucionalista de 1932, a vacinação será feita apenas nas 82 AMAs/UBSs integradas das 7h às 19h.

O prefeito também comentou que caiu a taxa de ocupação de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) na cidade. Hoje o índice é de 58%. "Não é motivo ainda de baixar a guarda, de dizer que está tudo resolvido, mas nos dá um pouco mais de tranquilidade sobre a ocupação de UTIs", afirmou.

Até o dia 15 de julho, o estado está na fase de transição do Plano São Paulo para tentar barrar a propagação do novo coronavírus.

Vacinação

A partir desta segunda, há vacinação da primeira dose em megapostos e farmácias no horário das 8h às 17h. Nas 468 UBSs (Unidades Básicas de Saúde), é possível tomar também a segunda dose do imunizante. O funcionamento é das 7h às 19h.

A cidade de São Paulo tem 87 mil pessoas com a segunda dose em atraso. Segundo o secretário municipal de Saúde, Edson Aparecido, 60% da população elegível com mais de 18 anos já tomou uma dose do imunizante.

"Pegamos um ritmo bom de vacinação, acreditamos que, antes de chegar setembro, a gente consiga vacinar 100% da população elegível com a primeira dose", destacou o secretário.

Para se vacinar, é obrigatório apresentar um comprovante de residência da capital paulista e documentos pessoais, preferencialmente CPF (Cadastro de Pessoas Físicas) e cartão do SUS (Sistema Único de Saúde). A prefeitura informa que o preenchimento do pré-cadastro no site Vacina Já agiliza o tempo de atendimento nos postos.

Últimas