Coronavírus

São Paulo Cidade de SP descarta ter aplicado AstraZeneca fora da validade

Cidade de SP descarta ter aplicado AstraZeneca fora da validade

Foram rastreados 968 supostos casos de vacinação após o prazo. Foi constatado atraso no cadastro, mas não no uso das doses

  • São Paulo | Rafael Custódio, da Agência Record

Prefeitura de SP descartou uso de doses da AstraZeneca após o vencimento

Prefeitura de SP descartou uso de doses da AstraZeneca após o vencimento

REUTERS/Yves Herman-18/03/2021

A prefeitura de São Paulo descartou a possibilidade de ter aplicado doses vencidas da vacina AstraZeneca após avaliar 968 supostos casos de imunização fora do prazo. Houve atraso no cadastramento, mas não na aplicação dos imunizantes, informou a SMS (Secretaria Municipal da Saúde) nesta quarta-feira (14).

O rastreamento foi realizado após um levantamento apontar que milhares de doses vencidas haviam sido aplicadas em todo o país.

A lista com os nomes das 968 pessoas que teriam tomado as doses fora do prazo foi enviada às UBSs (Unidades Básicas de Saúde) que realizaram as aplicações. As unidades entraram em contato com os vacinados e fizeram a checagem final entre a informação cadastrada no sistema e o momento da imunização. O resultado comprovou apenas o atraso no cadastro.

A data de validade de todos os imunizantes passa por uma tripla checagem: no recebimento, na distribuição e na aplicação da vacina, inclusive, com a apresentação do frasco ao cidadão.

Últimas