São Paulo Cidade de SP entra em estado de atenção para alagamentos

Cidade de SP entra em estado de atenção para alagamentos

Às 21h, toda a capital tinha monitoramento reforçado. Na região metropolitana, houve 36 chamados de quedas de árvore e três de alagamento

  • São Paulo | Do R7

Céu encoberto em São Paulo

Céu encoberto em São Paulo

EMERSON SANTOS / FOTOARENA / ESTADÃO CONTEÚDO - 15.12.2020

A chuva que atinge São Paulo desde o fim da tarde desta terça-feira (15) deixa toda a cidade em estado de atenção para alagamentos, de acordo com o CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências). A situação, que havia se noralizado no fim da tarde, voltou a valer por volta das 21h20. 

A zona leste teve reforço no monitoramento às 17h. Imagens do radar meteorológico mostram chuva moderada nas subprefeituras da Penha, Itaim paulista, São Miguel Paulista e Guaianases.  Às 17h45, foi a vez nas zonas norte, oeste, sudeste, centro, e as regiões das marginais Pinheiros e Tietê. Às 18h42, a situação havia se normalizado.  

No entanto, às 19h40, a zona sul voltou a ter reforço no monitoramento e, por volta das 21h, toda a cidade.

Nuvens carregadas sobre os bairros da Saúde e Jabaquara

Nuvens carregadas sobre os bairros da Saúde e Jabaquara

LÉO PINHEIRO / FRAMEPHOTO / ESTADÃO CONTEÚDO - 15.12.2020

Até 21h20, o Corpo de Bombeiros havia registrado na região metropolitana 36 chamados de quedas de árvore. Em Barueri, houve três chamados de alagamento. Na cidade, o helicóptero da Record TV flagrou pedestres ilhados em um ponto de ônibus. Eles tiveram de subir nos bancos para se proteger da água da chuva, que tomou conta da rua e da calçada.

Às 22h13, o CGE retirou o mapa do estado de atenção. Mas ainda havia quatro pontos ativos de alagamentos na cidade, todos transitáveis (um no centro, dois na zona leste e outro na zona sul).

Últimas