São Paulo Cidade de SP priorizará Pfizer para 3ª dose após chegada de novo lote

Cidade de SP priorizará Pfizer para 3ª dose após chegada de novo lote

Prefeitura receberá remessa no próximo dia 15. Antes disso, serão utilizados imunizantes que estiverem disponíveis para reforço

  • São Paulo | Do R7

Vacinação da terceira dose será feita com a Pfizer na cidade de São Paulo

Vacinação da terceira dose será feita com a Pfizer na cidade de São Paulo

Ricardo Moraes/Reuters - 21.04.2021

A partir do dia 15 de setembro, a prefeitura de São Paulo vai priorizar a vacina da Pfizer para a terceira dose contra a covid-19, aplicada em idosos e imunossuprimidos. O anúncio foi feito pelo secretário de Saúde, Edson Aparecido, durante coletiva de imprensa nesta sexta-feira (3).

Aparecido comentou que até o dia 15, quando novos lotes do imunizante serão enviados pelo Ministério da Saúde, a capital paulista utilizará as vacinas que estiverem disponíveis para a dose de reforço, portanto a CoronaVac, a AstraZeneca e a própria Pfizer.

“O instrutivo do Ministério da Saúde estabelece preferencialmente a dose de imunizante de RNA mensageiro, que no caso é a Pfizer ou vetor viral, que são a Janssen ou a AstraZeneca; ele não proíbe a CoronaVac como dose de reforço”, explicou o secretário.

Diante disso, a decisão da pasta foi de manter as doses disponíveis para o reforço desta segunda-feira (6) até o dia 15, quando será dada a preferência à vacina da Pfizer.

“A partir do dia 15 de setembro, como deveremos receber o imunizante da Pfizer [do Ministério da Saúde], toda a concentração da dose de reforço será com a Pfizer”, comentou.

Últimas