Coronavírus

São Paulo Cidade de SP tem postos sem doses em dia de retomada da vacinação

Cidade de SP tem postos sem doses em dia de retomada da vacinação

Imunização foi suspensa na terça (22) após apagão em mais de 300 postos. Nesta quarta, ao menos 10 voltaram a registrar o problema

  • São Paulo | Letícia Dauer, da Agência Record

Cidade de SP vacinará maiores de 18 anos na xepa da vacina

Cidade de SP vacinará maiores de 18 anos na xepa da vacina

Divulgação / Governo do Estado de SP - 19.01.2021

No dia de retomada da imunização contra covid-19 na cidade de São Paulo, ao menos 13 postos registravam falta de vacinas até as 17h55 desta quarta-feira (23), segundo dados da plataforma da "De Olho na Fila", conhecido como "filômetro" da prefeitura de São Paulo. O serviço acompanha o movimento nas unidades de saúde.

Sete postos na zona leste da capital, dois na zona norte e quatro na zona sul aguardam reabastecimento de imunizantes. Os postos estão localizados em Aricanduva, Belém, Brás, Guaianases, Mooca, Pari, São Lucas, Jaçanã, Vila Medeiros, Campo Grande e Cidade Dutra.

Na terça-feira (22), a vacinação foi suspensa na capital depois que, na segunda (21) houve um apagão com mais de 300 postos sem doses do imunizante.  

A capital retomou a imunização contra a covid-19 nesta quarta atendendo a população de 49 anos. A estimativa é vacinar 170.479 habitantes desta faixa etária. Na terça-feira, o governo estadual repassou o total de 181 mil doses de CoronaVac e 30 mil doses da AstraZeneca para dar prosseguimento à vacinação.

Procurada pela reportagem, a Secretaria Municipal de Saúde enviou a seguinte nota:

"A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal da Saúde, informa que dados preliminares mostram que mais de 100 mil vacinas antiCovid-19 foram aplicadas nesta quarta-feira (23) na Capital. Desde o início da campanha de imunização, foram aplicadas 6,4 milhões de doses.  Devido à alta procura do imunizante, ocorreu desabastecimento pontual em algumas UBS. Por conta disso, foi realizado o remanejamento de doses entre os postos do município.

Os munícipes podem procurar uma das 468 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e AMA/UBS Integradas, das 7h às 19h, além dos SAEs (Serviços de Atenção Especializada), mega postos com acesso a pedestres, mais de 130 postos volantes, postos que operam exclusivamente em sistema drive-thru e a rede de farmácias parceiras, das 8h às 17h.

Com relação ao status do "De Olho na Fila", citado pela reportagem, a Pasta esclarece que são unidades que estão providenciando o remanejamento/abastecimento de doses, para garantir a vacinação nos territórios.

A SMS esclarece que o repasse é feito pelo Ministério da Saúde, por meio do Governo do Estado, de acordo com a abertura de cada grupo. A pasta aguarda o recebimento de novas remessas do imunizante.

O escalonamento do grupo entre 49 e 48 anos cumpre o calendário do Governo do Estado e é uma maneira de facilitar a logística, tanto para o cidadão quanto para o sistema de Saúde.

A SMS recomenda que a ida aos locais de vacinação aconteça de maneira gradual, evitando aglomerações nos postos, e com o pré-cadastro no site Vacina Já preenchido, para agilizar o tempo de atendimento. Basta inserir dados como nome completo, CPF, endereço completo, telefone e data de nascimento para concluir o cadastro."

Últimas