Novo Coronavírus

São Paulo Cidades de SP não avançam nem regridem em plano de reabertura

Cidades de SP não avançam nem regridem em plano de reabertura

Com essa classificação, 84% da população do estado estão em regiões da fase amarela do Plano São Paulo. Ocupação de leitos de UTI é de 57,8%

  • São Paulo | Do R7

Cidades de SP não avançam nem regridem em plano de reabertura

Cidades de SP não avançam nem regridem em plano de reabertura

Divulgação Governo de SP

Os municípios do estado de São Paulo não avançaram nem regrediram de fase no chamado Plano São Paulo, o plano de reabertura das atividades econômicas do estado. A informação foi divulgada nesta sexta-feira (14) durante coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes, na capital.

As cidades de Presidente Prudente, São José do Rio Preto, Barretos, as regiões norte e oeste da Grande São Paulo estão na fase laranja, as cidades de Registro e Franca estão na fase vermelha e as demais regiões do estado estão na fase amarela do plano de classificação.

Esta é a 11ª atualização de classificações regionais do Plano São Paulo de enfrentamento ao coronavírus e retomada consciente da economia. Pela primeira vez em três meses, nenhuma região de saúde regrediu para etapas mais restritivas, com a maioria dos municípios do estado na fase amarela.

Leia mais: Doria cumpre 3º dia de quarentena: 'o vírus não escolhe quem infectar'

"Houve uma melhora consolidada na capital que vem acontecendo também no interior. O plano São Paulo segue com bons resultados", afirmou Marco Vinholli, secretário de desenvolvimento regional. 

"Não tivemos nenhum tipo de regressão das regiões. Pela primeira vez todas as regiões do estado tem uma ocupação de leitos de UTI abaixo dos 80%", afirmou Rodrigo Garcia, vice governador.

A equipe do governo afirmou ainda que nesta sexta-feira (14) foi registrado o mais baixo índice de ocupação de leitos de UTI, na ordem de 57,8%. Com essa classificação é possível dizer que, 84% da população de São Paulo está em regiões da fase amarela do Plano São Paulo. 

Últimas