São Paulo Com paralisação, transporte público opera parcialmente em São Paulo

Com paralisação, transporte público opera parcialmente em São Paulo

Ônibus funciona normalmente com 97% da frota de veículos, Metrô aciona plano de contingência e restringe circulação e CPTM abre todas as estações

Estação Barra Funda do Metrô, na linha 3 - Vermelha, amanheceu fechada

Estação Barra Funda do Metrô, na linha 3 - Vermelha, amanheceu fechada

Raphael Hakime / R7

O sistema municipal de transporte público opera, nesta sexta-feira (14), com 100% das 1.207 linhas previstas para a faixa horária das 6h, segundo a SPTrans, com 97% da frota de veículos em operação. Os 29 terminais municipais estão com operação de ônibus. Apesar da paralisação prevista para hoje contra a Reforma da Previdência, segundo a SPTrans, nenhuma operadora tem interrupção na saída da frota.

Leia mais: Paralisação deve afetar serviços nesta sexta em todo o país

Técnicos estão nas ruas desde a madrugada, monitorando a operação do transporte público e orientando passageiros nos terminais e pontos estratégicos da cidade. De acordo com a SPTrans, houve o prolongamento e criação de linhas e reforço da frota.

De acordo com informações da Record TV, na zona sul de São Paulo não há presença de técnicos da SPTrans para orientar passageiros que se aproximam do Terminal Jabaquara.

Leia mais: Centrais sindicais preparam greve geral contra reforma nesta sexta

Na zona norte, a SPTrans informou que as linhas 1722/10 (Jardim Marina/Metrô Tucuruvi), 178Y/10 (Vila Amélia/Metrô Jardim São Paulo), 2023/10 (Metrô Tucuruvi/Cachoeira) e 1767/10 (Metrô Tucuruvi/Pq. Edu Chaves) estão prolongando o atendimento aos usuários até o Terminal Santana.

Foram criadas emergencialmente as linhas Tucuruvi/Correios, operando com 7 ônibus articulados, e outra de Santana/Correios, com 7 ônibus articulados, ambas com cobrança de tarifa.

Na zona sul, foi criada uma linha com 12 ônibus articulados para fazer o trajeto entre o Metrô Jabaquara e o Metrô Paraíso. Também com cobrança de tarifa.

Na zona leste, houve reforço de 20 veículos superarticulados na frota da linha 4310/10 (Metrô Itaquera/Term. Pq D. Pedro II), totalizando frota de 66 coletivos em operação.

Leia mais: Entenda o que pode parar com a greve dos transportes em SP

Confira os terminais que estão em operação, segundo a SPTrans:

Pq. D. Pedro II
Santo Amaro
Grajaú
Campo Limpo
Capelinha
Sacomã
Vila Nova Cachoeirinha
Bandeira
João Dias
Varginha
Pirituba
Cidade Tiradentes
Jd. Ângela
Pinheiros
Lapa
Mercado
Guarapiranga
Carrão
Parelheiros
Sapopemba
A.E. Carvalho
Princesa Isabel
Penha
São Miguel
Aricanduva
Amaral Gurgel
Casa Verde
Vila Prudente
Itaquera

Funcionamento do Metrô

Três linhas do Metrô circulam parcialmente, desde às 5h45 desta sexta-feira (14), após o acionamento do plano de contingência.

A linha 1-Azul opera da estação Ana Rosa até Luz, a 2-Verde de Chácara Klabin até Clínicas e a 3-Vermelha de Bresser-Mooca até Santa Cecília.

As estações da linha 15-Prata do Monotrilho estão fechadas e não há previsão de normalização da circulação.

Os trens da linha 04-Amarela e 05-Lilás operam normalmente desde às 04h40, uma vez que são administradas por empresas privadas.

A CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) informou que todas as estações abriram normalmente às 04h e neste momento, a circulação é normal em todas as linhas.