São Paulo Com seis anos de atraso, estação Oscar Freire do Metrô é inaugurada

Com seis anos de atraso, estação Oscar Freire do Metrô é inaugurada

A estação integra a linha 4-Amarela e irá funcionar de segunda-feira a domingo, das 10h às 15h, pelo período de 15 dias

  • São Paulo | Plínio Aguiar, do R7, com Agência Estado

Com quatro anos de atraso, estação Oscar Freire é inaugurada em SP

Com quatro anos de atraso, estação Oscar Freire é inaugurada em SP

Carla Carneil / Estadão Conteúdo

Com seis anos de atraso, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) inaugurou nesta quarta-feira (4) a estação Oscar Freire, da Linha 4-Amarela do Metrô, em São Paulo. A estação irá funcionar de segunda-feira a domingo, das 10h às 15h, pelo período de 15 dias.

O formato é chamado de Operação Comercial Restrita, e consiste na maturação dos equipamentos e sistemas, como os de alimentação elétrica, sinalização e telecomunicações. O funcionamento da estação será ampliado posteriormente, operando de domingo a sexta-feira das 4h40 à 0h, e aos sábados das 4h40 à 1h.

Alckmin entrega trem SP-Aeroporto de Guarulhos e diz: atraso é mentira

A Oscar Freire passa a ser a nona estação em funcionamento na Linha 4-Amarela, que é operada pela concessionária ViaQuatro. Com a estimativa de receber 24 mil pessoas diariamente, a estação não vai alterar a extensão da rede metroviária da capital paulista, de 83,3 km, já que fica no trecho intermediário entre Paulista e Fradique Coutinho, ambas em operação.

Com a entrada principal na altura do 1.237 da rua Oscar Freire, esquina com a avenida Rebouças (sentido Centro), a estação permitirá um fácil acesso à região dos Jardins, como nas ruas da Consolação, Bela Cintra e Haddock Lobo. A entrada secundária – no sentido Faria Lima da avenida Rebouças – será concluída no segundo semestre, facilitando o acesso para quem vai ao Hospital das Clínicas. Os pavimentos contam com cinco elevadores, que fazem a interligação da rua com o mezanino e com as plataformas, além de 20 escadas rolantes e 17 fixas. 

“Essa é uma obra superlativa, sob qualquer ponto de vista. As estações do Metrô são impressionantes na engenharia. A Oscar Freire tem 35 metros de profundidade e conta com toda a acessibilidade para pessoas com deficiência, além de 20 escadas rolantes”, disse Geraldo Alckmin.

Estações

Em três dias, seis estações de metrô começarão a funcionar na cidade de São Paulo. O ritmo intenso de inaugurações acompanha a última semana de atividades de Geraldo Alckmin. Ele deixa o cargo na sexta-feira (6) para concorrer à Presidência da República.

Na quinta-feira (5), será a vez da zona sul, quando a Estação Moema começa a integrar o sistema da Linha 5-Lilás, que teve outras quatro estações inauguradas desde setembro (Borba Gato, Brooklin, Alto da Boa Vista e Eucaliptos). A conclusão de toda a linha estava prevista para 2012. Em 2014, o prazo foi para 2016.

A maratona de inaugurações termina na zona leste com o início da operação de quatro estações da Linha 15-Prata do Monotrilho: São Lucas, Camilo Haddad, Vila Tolstói e Vila União. Em 2014, a previsão era entregar as estações até 2015. Na semana passada, a Linha 13-Jade começou a atender a população, com as Estações Cecap-Guarulhos e Aeroporto.

Últimas