Com Temer e Skaf, missão envia 60 toneladas de alimentos ao Líbano

Carregamentos contarão também com medicamentos e insumos hospitalares. País sofre há um mês com consequências de explosão em Beirute

Michel Temer e Paulo Skaf estiveram no evento em São Paulo

Michel Temer e Paulo Skaf estiveram no evento em São Paulo

Renato S. Cerqueira/Futura Press/Estadão Conteúdo - 03.09.2020

O Movimento de ajuda Humanitária ao Líbano enviou nesta quinta-feira (3), após evento realizado em São Paulo (SP), mais de 60 toneladas medicamentos, alimentos e insumos hospitalares para o Líbano.

O evento da missão brasileira na manhã desta quinta, na sede da Cruz Vermelha Brasileira, contou com as presenças do ex-presidente Michel Temer e de Paulo Skaf, presidente da Fiesp.

O país do Oriente Médio tem sofrido com a explosão que ocorreu há um mês em Beirute, capital libanesa, e deixou centenas de mortos e milhares de desabrigados.

Para além dos próprios mortos, feridos e desabrigados em meio a uma pandemia, a crise agravou-se quando, também no mês passado, após a explosão, o primeiro-ministro Hassan Diab renunciou ao cargo em um discurso televisionado.

Durante sua fala, Diab disse que o "crime" da explosão era resultado da corrupção endêmica e pediu a responsabilização dos culpados.

Evento ocorreu na manhã desta quinta-feira (3)

Evento ocorreu na manhã desta quinta-feira (3)

Aloisio Mauricio /Fotoarena/Estadão Conteúdo - 03.09.2020