Novo Coronavírus

São Paulo Condutores do transporte escolar de SP podem fazer vistoria de graça

Condutores do transporte escolar de SP podem fazer vistoria de graça

É preciso agendar atendimento até 7 de junho. Taxa de inspeção obrigatória não será cobrada no semestre por causa da pandemia

  • São Paulo | Do R7

Condutores do transporte escolar de SP já podem fazer a vistoria semestral gratuita

Condutores do transporte escolar de SP já podem fazer a vistoria semestral gratuita

Foto: Divulgação DETRAN/SP

A vistoria veicular semestral para os profissionais que atuam com transporte escolar pode ser feita a partir desta segunda-feira (19) na cidade de São Paulo. A inspeção está centralizada na unidade Armênia do Detran-SP, localizada na avenida do Estado, 900, no Bom Retiro, na região central da capital. Por causa da pandemia, não haverá cobrança da taxa de inspeção obrigatória.

Para evitar aglomerações, o atendimento é feito mediante agendamento no portal do Poupatempo. O agendamento vai até o dia 7 de junho, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, com exceção de feriados.

Neste primeiro semestre, a categoria não vai precisar pagar a taxa de inspeção obrigatória. Em abril, o governador João Doria (PSDB) sancionou a nova regra após o projeto de lei, de autoria do deputado Carlão Pignatari (PSDB), presidente da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, ter entrado em vigor.

Com a proposta, a isenção da vistoria semestral, que já estava em vigor no ano passado, se mantém para o primeiro semestre. O valor cobrado por veículo é de R$ 160. Segundo o governo, serão mais de R$ 11 milhões em isenções, considerando a frota de 68.907 veículos escolares na capital e interior paulista. 

"A isenção da taxa de vistoria beneficia os profissionais que vem tendo as atividades comprometidas desde o ano passado, com muitas escolas fechadas por causa da pandemia. No entanto, é de extrema importância que os trabalhadores circulem com os veículos regularizados, garantindo assim segurança aos passageiros", afirmou o diretor-presidente do Detran-SP, Ernesto Mascellani Neto.

Para que um profissional possa atuar com transporte escolar, é preciso que obtenha, junto ao Detran, a ATE (Autorização de Transporte Escolar). Para isso, é necessário estar em dia com a inspeção semestral obrigatória.

Últimas