São Paulo Conta de luz em SP: o que muda com acordo entre Procon e Enel?

Conta de luz em SP: o que muda com acordo entre Procon e Enel?

Acordo entre distribuidora de energia e órgão de defesa do consumidor também visa evitar aglomerações e filas de consumidores na frente de postos da empresa

Queixas de conta de luz quadruplicam em julho e MP abre investigação

Queixas de conta de luz quadruplicam em julho e MP abre investigação

Rogério Galasse/Futura Press/Folhapress - 06.08.2020

O Procon-SP e a Enel fecharam nesta semana um acordo para solucionar mais de 50 mil reclamações de pessoas que tiveram problemas com a empresa de energia elétrica. O termo assinado pelas duas partes prevê o parcelamento automático do débito dos consumidores que registraram reclamação.

O acordo entre a distribuidora de energia e o órgão de defesa do consumidor também visa evitar aglomerações e filas de consumidores na frente de postos da empresa de energia elétrica.

As queixas em relação às contas de energia quadruplicaram em julho, passando de 50 mil. Por conta da pandemia do novo coronavírus, a Enel havia deixado de fazer a leitura presencial dos medidores, e assim fez as cobranças pela média de consumo, gerando faturamentos incorretos.

Veja as mudanças após o acordo entre Procon e Enel

Parcelamento de débitos

Débitos não precisam ser pagos à vista. O parcelamento em 12 vezes sem juros será automático para pagamentos em aberto – de contas com leitura até o dia 31 de agosto.

Anteriormente, o consumidor era obrigado a admitir que a cobrança estava certa para conseguir o parcelamento de contas questionadas.

Corte de energia

A partir de agora, os cortes de energia não serão efetuados até que as contas sejam revisadas. Antes, a Enel poderia cortar a energia elétrica caso o consumidor não pagasse os valores cobrados nas contas de junho e julho.

Assim, o consumidor poderá aguardar a contestação das contas sem risco de corte de energia.

Informações

Após o acordo, a Enel deverá informar de forma adequada cada consumidor sobre as cobranças que sejam questionadas. O Procon irá fiscalizar as contas.

Reclamações

Aos consumidores que tiverem problemas ou dúvidas a respeito das contas de energia elétrica da Enel, basta acessar este link ou app do Procon-SP.

Horário marcado

A partir desta sexta-feira (14), as lojas da Enel passaram a atender com hora marcada – exceto a loja de campanha temporária, que será inaugurada em Diadema. Os clientes poderão fazer os agendamentos neste link, selecionando o serviço desejado, data e a loja mais próxima.

A empresa ampliou atendimento em quatro lojas de São Paulo e cidades do ABC Paulista, funcionando de segunda a sexta-feira, das 7h às 16h30, e aos sábados, das 9h às 15h. As lojas com ampliamento na capital ficam nos bairros de São Miguel Paulista e Santana. No ABC, de São Bernardo do Campo e Santo André. Outras ampliações devem ocorrer e serão anunciadas pela distribuidora.

Últimas