Coronavírus

São Paulo Contra covid-19, cidades da Grande São Paulo têm feriados antecipados

Contra covid-19, cidades da Grande São Paulo têm feriados antecipados

Ao menos 15 municípios adotaram a mesma medida da capital paulista e só retomam atividades no dia 5 de abril

  • São Paulo | Do R7, com informações da Agência Record

Contra o avanço da covid-19, cidades da Grande São Paulo têm feriados antecipados

Contra o avanço da covid-19, cidades da Grande São Paulo têm feriados antecipados

Márcio Neves/R7

Após a Prefeitura de São Paulo antecipar feriados de 2021 e 2022 para tentar diminuir as internações, ocupação de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e óbitos por covid-19, ao menos 15 cidades da região metropolitana resolveram adotar a mesma estratégia. Em geral, as atividades só serão retomadas na segunda-feira (5).

Além da capital, os sete municípios do ABC Paulista, Osasco, Barueri, Itapevi, Vargem Grande Paulista, Jandira, Cotia, Carapicuíba e Pirapora do Bom Jesus terão o recesso estendido.

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, citou as mais de 300 mil mortes por covid-19 no país e fez um apelo à população: "Não é para festejar, viajar e nem aglomerar. A gente sabe e agradece o esforço da população até agora, mas a parada é necessária para diminuir o ritmo de contágio".

O secretário municipal de Saúde de São Paulo, Edson Aparecido, entende que a antecipação dos feriados é mais uma forma de conter o avanço da pandemia. Na capital paulista, o recesso começou na sexta-feira (26) e vai até o dia 4 de abril.

"Tivemos resultados positivos no ano passado. É uma ação importante para reduzir a transmissibilidade da doença. É preciso confiar, porque o mecanismo já deu certo em 2020, para não termos que tomar medidas ainda mais restritivas", enfatiza.

ABC Paulista

Os prefeitos de Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra anteciparam feriados municipais para reduzir a circulação de pessoas. A decisão foi tomada em assembleia do Consórcio Intermunicipal Grande ABC.

No Grande ABC, o feriado vai deste sábado (27) até 4 de abril. O período inclui dois finais de semana.

Setores considerados essenciais devem encerrar as atividades às 17h, com exceção dos hospitais públicos e privados, serviços de saúde de urgência e emergência, farmácias, laboratórios e hospitais veterinários.

A circulação de pessoas no transporte público fica restrita aos funcionários de serviços essenciais. A comercialização de bebida alcoólica está proibida no período.

Guarulhos

O município, em decisão conjunta com as demais cidades do Alto Tietê, não irá antecipar os feriados. A Prefeitura de Guarulhos entende que a antecipação não configura uma ação eficaz para evitar a transmissão do vírus.

Osasco

O prefeito de Osasco, Rogério Lins, argumentou: "Não serão dias de lazer. Serão dias para mantermos o isolamento, portanto, é crucial que as pessoas respeitem, que saíam somente em caso de urgência, mantenham as normas de higiene, usem máscara e evitem aglomerações".

A pausa nas atividades em Osasco é de nove dias. Durante o período, está proibida a venda de bebidas alcoólicas e mantido o funcionamento das UBSs (Unidades Básicas de Saúde) para a vacinação contra a covid entre 10h e 16h.

Casos de urgência e emergência são encaminhados para as UPAs Menck, Centro e Conceição, ou os prontos-socorros Ayrosa e Rochdale. Os prontos-socorros Jardim D'Abril, Santo Antônio e Osmar Mesquita (Helena Maria) atendem apenas pacientes com covid-19.

Itapevi

A medida também foi adotada pela Prefeitura de Itapevi para tentar melhorar os índices de isolamento social. A medida vale de segunda-feira (29) até 2 de abril. 

Na prática, será feriado na segunda (29), terça (30) e quarta-feira (31). Na quinta (1º), foi decretado ponto facultativo. O dia 2 já é feriado. Os feriados não são válidos para empresas e indústrias dos ramos farmacêutico, alimentício e logística da cidade.

Franco da Rocha

De acordo com a decisão estabelecida pelo Cimbaju (Consórcio Intermunicipal dos Municípios da Bacia do Juquery), Franco da Rocha não antecipou o calendário oficial de feriados.

Segundo a prefeitura, "a paralisação regional prejudicaria a organização dos centros logísticos da região, afetando o abastecimento de insumos e recursos considerados essenciais neste momento da pandemia".

Ferraz de Vasconcelos

Ferraz de Vasconcelos também não adiantar os feriados na cidade. A decisão conjunta é do Condemat (Consórcio de Desenvolvimentos dos Municípios do Alto Tietê). O município entendeu que "uma possível emenda de dias poderia gerar ainda mais aglomerações e festas clandestinas, sendo que o objetivo é prezar pelo isolamento social e pelo menor fluxo de pessoas nas ruas".

Guararema

A Prefeitura de Guararema informou que não vai aderir à antecipação do feriado prolongado. A decisão tem o "intuito de não prejudicar o funcionamento de serviços públicos essenciais, como o aumento nos custos de horas extras com equipes da campanha de vacinação contra a covid-19".

Barueri

A Prefeitura de Barueri antecipou três feriados municipais. Não haverá atividade profissional na cidade durante os dias 29 de março e 4 de abril. Ficam excluídas as repartições e órgãos públicos que desempenhem funções de caráter essencial, como forças de segurança e de saúde que prestam serviços de emergência.

Francisco Morato

A Prefeitura de Francisco Morato decidiu não antecipar os feriados sob a alegação de que "as medidas de enfrentamento a covid-19 já estão em sintonia com o plano São Paulo na fase emergencial".

Vargem Grande Paulista

A Prefeitura de Vargem Grande Paulista anunciou medidas mais restritivas nos finais de semana, além da antecipação de feriados.

Nos dias 27 e 28 de março e 3 e 4 de abril, só podem funcionar farmácias, postos de combustíveis, unidades de saúde e transporte público com restrições.

De acordo com o decreto municipal, os demais serviços poderão atender por delivery, como supermercados, açougues, padarias, mercearias, casa de ração e restaurantes. Também está proibido o drive-thru e a feira livre.

Jandira

A cidade de Jandira publicou decreto que antecipa os feriados municipais "como mais uma ação para conter a propagação do coronavírus via transmissão local, além de preservar a saúde da população em geral e dos servidores públicos".

Cajamar

A Prefeitura de Cajamar não aderiu à antecipação de feriados por entender que a paralisação de 10 dias poderia afetar o abastecimento de diversos materiais essenciais como produtos hospitalares e alimentícios, que são distribuídos para todo o país.

Cotia

Por meio de decreto, Cotia antecipou feriados, mas a medida não se aplica aos serviços de saúde, segurança urbana, assistência social e serviço funerário, além de outras unidades da prefeitura que exercem atividades essenciais.

Itaquaquecetuba

A Prefeitura de Itaquaquecetuba não adiantou os feriados. Entre os argumentos estão o atraso no andamento de licitações importantes, aumento nos custos de horas extras com equipes de vacinação e outros serviços públicos e prejuízos nas agendas de exames, consultas e outros procedimentos médicos.

Suzano

A Prefeitura de Suzano vai manter o atual calendário, sem a antecipação de feriados. No dia 2 de abril é feriado em comemoração ao 72º aniversário de emancipação político-administrativa do município.

Caieiras

O município de Caieiras, em decisão conjunta com o Consórcio Cimbaju, não antecipou feriados, por isso não há ponto facultativo.

Poá

A cidade de Poá também não aderiu à antecipação de feriados.

Carapicuíba

Com objetivo de diminuir a circulação de pessoas e conter o avanço do coronavírus, a Prefeitura de Carapicuíba alterou os feriados municipais. A emancipação do município que seria celebrada na sexta-feira (26) passou para segunda-feira (29). Além disso, também será feriado nos dias 30 e 31 de março. Dia 1º de abril é ponto facultativo e dia 2 já era feriado nacional.

Pirapora do Bom Jesus

Por meio de decreto, a prefeitura decretou ponto facultativo no dia 29 de março e antecipou os feriados de 1° de Maio (Dia do Trabalhador) e 20 de Novembro (Consciência Negra) para os dias 30 e 31 de março, emendando com o feriado da Páscoa. As atividades só voltam em 5 de abril. Exceção para os serviços essenciais de saúde, coleta de lixo e segurança pública.

Mairiporã

De acordo com a decisão estabelecida pelo Cimbaju, Mairiporã não antecipou o calendário oficial de feriados do município. Porém, a prefeitura decretou medidas mais restritivas para conter o número de turistas e a circulação de pessoas.

Arujá

Por decisão conjunta entre as cidades que integram o Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat), Arujá também não antecipará feriados.

Itapecerica da Serra

Ficam antecipados para os dias 26, 29, 30 e 31 de março e 1º de abril, os feriados Municipais de Corpus Christi, de Emancipação Político-Administrativa de Itapecerica da Serra e Dia da Consciência Negra do ano calendário de 2021 e os feriados Municipais de Emancipação Político Administrativa de Itapecerica da Serra e Dia da Consciência Negra do ano calendário de 2022, previstos no artigo 144 da Lei Orgânica do Município.

Últimas