São Paulo CoronaVac tem intervalo reduzido de 28 para 15 dias na cidade de SP

CoronaVac tem intervalo reduzido de 28 para 15 dias na cidade de SP

Profissionais da GCM, sepultadores e fiscais das subprefeituras agora também podem tomar a dose adicional contra a Covid-19

  • São Paulo | Do R7

CoronaVac tem intervalo reduzido de 28 para 15 dias na capital paulista

CoronaVac tem intervalo reduzido de 28 para 15 dias na capital paulista

Evaristo Sá/AFP - 13.09.2021

A cidade de São Paulo reduziu o intervalo da segunda dose do imunizante CoronaVac de 28 para 15 dias a partir desta quinta-feira (21). Segundo a prefeitura, a antecipação tem por objetivo completar o sistema vacinal da população contra a Covid-19. A cobertura para segunda dose ou dose única é de 91,2% dos adultos.

A Secretaria Municipal da Saúde também iniciou a aplicação da dose adicional para os profissionais da GCM (Guarda Civil Metropolitana), sepultadores residentes na cidade e fiscais das subprefeituras. Para receber a dose de reforço, é preciso ter tomado a segunda dose há mais de seis meses. Nos funcionários públicos será aplicada a CoronaVac.

Atualmente, a dose adicional já é aplicada em idosos acima de 60 anos e trabalhadores da saúde com mais de 18 anos que tomaram a última dose há pelo menos seis meses, exceto grávidas e puérperas.

A vacinação também está liberada para pessoas com mais de 18 anos que tenham alto grau de imunossupressão. Para esse grupo, com mais de 18 mil pessoas, é preciso ter tomado a última dose há pelo menos 28 dias.

Até esta quinta, foram aplicadas 19.544.200 doses, sendo 10.472.122 primeiras doses, 8.095.609 segundas, 327.090 doses únicas e 649.379 doses adicionais.

Últimas