São Paulo Covid-19: casos caem 86,5% com vacinação em massa em Botucatu

Covid-19: casos caem 86,5% com vacinação em massa em Botucatu

Cidade vacinou 66 mil pessoas em 16 de maio, e na semana seguinte, 5 mil. Média de 4 a 10 de julho foi de 19 casos por dia

  • São Paulo | Do R7

Mais de 120 moradores da cidade foram vacinados

Mais de 120 moradores da cidade foram vacinados

Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

A cidade de Botucatu (SP), que abrigou o estudo da Oxford e teve a vacinação em massa contra a covid-19 para a sua população com a primeira dose em maio, registrou uma queda de 86,5% na média diária de casos confirmados da doença entre as semanas de 6 a 12 de junho e de 4 a 10 de julho.

Há pouco mais de um mês, quando o município havia tido um pico de registros da doença, foram 988 casos na segunda semana de junho, resultando em uma média de 141 casos diários.

Nesta última semana, entre 4 e 10 de julho, a cidade teve, ao todo, 133 casos do novo coronavírus.

A média, portanto, foi de 19 registros por dia da doença, que representam a queda de 86,5% em relação ao mês anterior.

A aplicação das segundas doses para quem participou da imunização em massa está marcada para os dias 8 e 14 de agosto, informa a prefeitura.

Casos caíram vertiginosamente entre junho e julho

Casos caíram vertiginosamente entre junho e julho

Divulgação/Prefeitura de Botucatu

Vacinação em massa

Semelhante ao Projeto S, que vacinou 97% da população adulta de Serrana (SP) com a CoronaVac, o projeto da Fiocruz imunizou 66 mil habitantes de Botucatu em 16 de maio e outros 5 mil uma semana depois, no dia 22.

O objetivo da pesquisa é descobrir a efetividade da vacina da Oxford após a primeira dose, após a segunda, sobre cada cepa circulante, o impacto da imunização em massa na transmissibilidade e o chamado efeito rebanho.

Desde o chamado ‘Dia D’ até este momento, a cidade já chegou a 122.610 pessoas imunizadas ao menos com a primeira dose, o que corresponde a 82% da população da cidade. Destas, 26 mil já receberam a segunda dose.

Últimas