Coronavírus

São Paulo Covid: Prefeito quer que ‘pioneira’ Serrana seja exemplo ao mundo

Covid: Prefeito quer que ‘pioneira’ Serrana seja exemplo ao mundo

Após projeto do Butantan vacinar 98% de sua população adulta, cidade vive agora ‘retomada econômica, social e educacional’

  • São Paulo | Guilherme Padin, do R7

Vacinação em massa na cidade de Serrana (SP) terminou em 11 de abril

Vacinação em massa na cidade de Serrana (SP) terminou em 11 de abril

Divulgação/Instituto Butantan

Dois meses após o término da vacinação em massa contra a covid-19 em Serrana (SP), o prefeito do município do interior paulista, Leonardo Capitelli (MDB), quer que a cidade seja exemplo mundial de combate ao novo coronavírus.

Ao falar sobre os resultados de redução nas mortes e internações, divulgados há cerca de duas semanas pelo Instituto Butantan, Capitelli comenta com orgulho ao R7 sobre o que espera a partir do Projeto S.

“Esses números levarão esperança não só pra cidade como o Brasil todo e o mundo todo, vão servir de parâmetro para a maior pandemia do século. Torcemos para que a vacinação avance no país e que possa salvar mais vidas, e que toda população brasileira e mundial possa ter essa segurança [com os resultados do estudo]”, afirma.

Segundo os dados revelados pelo Butantan em 31 de maio, além da queda em 95% das mortes por covid na cidade, os casos sintomáticos caíram em 80% e as internações hospitalares, em 86%.

Quase duas semanas após os resultados, relatos de moradores e empresários apontaram para um clima de maior segurança e tranquilidade na cidade, além da melhora no movimento do comércio local.

O estudo inédito no mundo, como destaca o Butantan, também mostrou que, a partir da cobertura vacinal de 75% da população, a pandemia pode ser controlada.

Antes mesmo da divulgação dos dados do Butantan, relatos e dados da prefeitura já indicavam a queda nos casos e na procura por testes para a covid-19.

Embora três quartos da população imunizada fossem o bastante, o número de imunizados foi muito superior: apesar das pesquisas meses antes do início do estudo apontassem para 85% dos habitantes interessados na vacina, 97,9% da população adulta da cidade participaram do projeto e se imunizaram.

Veja também: Após vacinação em massa, casos de covid caem 66% em Serrana (SP)

“O número é muito satisfatório e foi fruto de um trabalho de domicílio a domicílio, orientando, explicando a importância sobre as vacinas, enquanto algumas pessoas levavam desinformação. Fizemos esse trabalho com o apoio de líderes comunitários, do comércio, religiosos, formadores de opinião e empresários, para levar o incentivo à vacinação para todas as camadas da cidade”, comenta Capitelli.

O intuito, comenta ele, era justamente fazer as pessoas entenderem a importância e “contribuir com a ciência e todo o mundo na maior crise sanitária do século”.

“Enquanto gestor, liderando o povo de Serrana no processo num momento histórico, é motivo de muito orgulho e felicidade, e povo serranense também sente esse orgulho. O Projeto S resgatou a autoestima da nossa população”, diz o gestor.

Fase crítica em fevereiro

Entre fevereiro e março, quando a imunização teve início na cidade, Serrana, assim como o resto do país, vivia o momento mais crítico da pandemia, com pacientes em espera por internações e sem vagas nos hospitais, inclusive nas cidades vizinhas.

“Serrana sofreu demais em meados de fevereiro, no auge da segunda onda, com superlotação de hospitais e as mortes, e depois vimos os números caindo”, relata o prefeito.

Após a terceira semana seguinte à aplicação da segunda dose da CoronaVac, comenta, os números caíram consideravelmente.

“Assim pudemos levar mais tranquilidade ao nosso sistema de saúde e tratar quem se infecta de forma mais digna”, diz.

O futuro na cidade do Projeto S

Para Léo Capitelli, Serrana não será ‘pioneira’ somente em relação à vacinação e à pandemia. O município, considera o prefeito, deverá se colocar como exemplo de “uma retomada econômica, social e educacional” para todo o mundo.

Prefeito projeta Serrana como exemplo para o mundo

Prefeito projeta Serrana como exemplo para o mundo

Vinicius Nunes/Agência F8/Folhapress - 31.05.2021

Capitelli observa um futuro promissor para a ‘acolhedora’ Serrana e, por mais de uma vez, destaca a retomada econômica após a vacinação em massa.

“Queremos ser a cidade do desenvolvimento, da retomada econômica organizada e com protocolos. Com novos investimentos, geração de emprego e renda, incremento de receita à prefeitura, para que possamos cuidar nosso povo”, diz,

E conclui: “No começo do ano, era uma nuvem negra que pairava sobre a cidade, um medo, angústia. E a vacina trouxe alívio, tranquilidade e segurança maior nas atividades e da rotina”.

Últimas